Sebrae maio 1

Sebrae maio 1
Consultores

segunda-feira, 6 de junho de 2022

Programa “Foco no Fogo” alcança mais 600 propriedades rurais na Semana do Meio Ambiente

Ação preventiva busca sensibilizar proprietários rurais com educação ambiental sobre riscos da queimada ilegal e do incêndio florestal 

Na Semana do Meio Ambiente o Foco no Fogo estima alcance de mais de 600 propriedades rurais. Crédito Fernando Alves-Governo do Tocantins

A ação começou na quarta-feira, 1º, com as equipes do “Programa Foco no Fogo” percorrendo o município de Crixás, para levar a ação de prevenção e educação ambiental da agenda do programa na Semana do Meio Ambiente do Tocantins.

A estimativa da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) é que sejam alcançadas mais de 600 propriedades rurais com a oferta de informações e orientações para sensibilização sobre os riscos da queimada ilegal e do incêndio florestal durante o período crítico de estiagem no Estado.

As equipes da Semarh e das 32 instituições membros que compõem o Comitê Estadual de Prevenção e Controle às Queimadas e Combate aos Incêndios Florestais (Comitê do Fogo) percorreram na semana passada propriedades rurais de mais cinco municípios: Chapada da Areia, Novo Acordo, Crixás, Pium e Cristalândia.

A secretária da Semarh, Miyuki Hiashida destaca a importância da educação ambiental na sensibilização da população para redução das queimadas. “O Tocantins realiza uma verdadeira força-tarefa para prevenção às queimadas ilegais e incêndios florestais. Na agenda da Semana do Meio Ambiente o Foco no Fogo reforça a sensibilização da população em busca de reduzir ainda mais os índices de queimadas. Vale ressaltar que, ano passado, alcançamos a redução de 51% nas áreas rurais e de-34% no âmbito do Estado”, afirmou  Miyuki Hiashida.

Segundo a diretora de Educação Ambiental para Sustentabilidade da Semarh, Erliette Gadotti, o programa conta com a contribuição de instituições, que atuam em outras frentes desse trabalho. “Além do trabalho preventivo e educativo realizado em campo, com as 32 instituições que compõe o Comitê, o Foco no Fogo conta com dados de órgãos de controle, como o MPE [Ministério Público do Estado], que elabora um relatório de monitoramento; de pesquisa, como a UFT [Universidade Federal do Tocantins], que desenvolveu o aplicativo, o que reforça a nossa ação, com respaldo de credibilidade e transparência”, reitera Erliette Gadotti. 

A diretora detalhou que durante a visita também foram oferecidas informações sobre as consequências das queimadas e incêndios florestais para a vegetação, a fauna e a saúde humana. As equipes deixam com o proprietário rural um material informativo e contatos das instituições para auxílio da população. A Semana do Meio Ambiente se estende até o próximo domingo, 5 de junho, dia em que é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente.

Comitiva

A equipe técnica da Semarh conta com a conjunção de esforços do programa Foco no Fogo, que segue em comitiva nas ações preventivas de todas as visitas da semana, com o Corpo de Bombeiros Militar (CBMTO), Defesa Civil do Tocantins, Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama-Prevfogo), Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Departamento de Trânsito do Tocantins (Detran-TO), Exército Brasileiro e Energisa Tocantins – Distribuidora de Energia S.A.

Foco no Fogo

O programa Foco no Fogo, lançado em 2020, tem o objetivo de conscientizar a população sobre os riscos e prejuízos causados pelas queimadas irregulares, bem como pelos incêndios florestais, tanto para o meio ambiente, quanto para a saúde da população. Essa ação é uma iniciativa da Semarh, que conta com a adesão de 32 instituições membros do Comitê do Fogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário