segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Palmas recebe três grandes eventos na primeira semana de outubro

O XVI Fórum Internacional de Administração (FIA), a Arena do Conhecimento Sebrae e a Fenepalmas 2019 iniciam nesta terça-feira, 01, e seguem até o dia 05 de outubro, no Centro de Convenções Arnaud Rodrigues.

Foto: Júnior Suzuki

Os eventos são organizados pelo Conselho Regional de Administração do Tocantins (CRA-TO), Sebrae Tocantins e Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa), Prefeitura de Palmas e Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc).

O Fórum Internacional de Administração é um dos eventos oficiais do Sistema Conselhos Federal e Regionais de Administração (CFA/CRAs). Com tema ‘Liderança empreendedora’, o evento promete fomentar a geração de novos negócios no estado do Tocantins, eleito para sediar o XVI Fórum Internacional de Administração (CFA).

O evento, promovido pelos Conselhos Regionais de Administração do Tocantins e do Distrito Federal (CRA-TO / CRA-DF) em parceria com o Conselho Federal de Administração (CFA), acontecerá de 1º a 3 de outubro. Interessados em participar podem fazer as inscrições no site www.fia.org.br.

Nesta edição, o Fórum terá como tema central ‘Liderança Empreendedora – Uma realidade necessária’. Para o presidente do CRA-TO, Francisco Costa, discutir o assunto é importante pois o país enfrenta um momento político e econômico turbulento. “O processo de globalização tem provocado mudanças constantes e, nesse cenário, compete ao líder adaptar-se às novas realidades e ser capaz de conduzir toda a sua equipe pelos processos de mudanças”, diz.

Arena do Conhecimento

A Arena do Conhecimento acontece entre o dia 1º e 05 de outubro, com o foco em inovação, desenvolvimento de negócios e compartilhamento de informações para incentivar o empreendedorismo. A programação, que tem parte gratuita, contemplará espaços com palestras simultâneas, seminários e painéis conteúdos de inovação, marketing digital e empreendedorismo. Para se inscrever, o interessado deverá acessar o portal do Sebrae: http://sebrae.com.br/Tocantins.

De acordo com a diretora técnica do Sebrae, Eliana Castro, o evento oferecerá ambiente de inovação e conhecimento, além de atendimento personalizado para quem empreende. “Será um ganho exponencial para os pequenos negócios que querem aprender, melhorar, avançar e compartilhar ideias de gestão, mercado, inovação, vendas, marketing e outros”, afirmou.
“A programação da Arena do Conhecimento é voltada aos negócios que se comunicam com os consumidores de uma maneira inovadora e potencializam resultados em vendas, fidelização e criação de valor”, destacou o superintendente do Sebrae, Moisés Gomes.

Fenepalmas 2019

Organizada pela Associação Comercial e Industrial de Palmas-TO (Acipa), a Fenepalmas tem como tema “Conectando pessoas e oportunidades”. Em novo formato a 23ª edição da Fenepalmas acontece de 1º a 05 de outubro.

Segundo o presidente da Acipa, Joseph Madeira, o objetivo do evento é colocar a entidade mais próxima do cidadão, fortalecendo a economia, e fomentando a geração de mais negócios em Palmas. “Planejamos um evento que dará como retorno uma movimentação financeira capaz de destacar as potencialidades da capital. Estamos apresentando a união da classe empresarial como suporte para o desenvolvimento econômico local”, afirmou.
(Com informações do Sebrae, Acipa e CRA)

domingo, 29 de setembro de 2019

Expo Abav 2019: Empreendedores do Destino Taquaruçu finalizam evento com saldo positivo

Malena Mota

A caravana, organizada pela Prefeitura de Palmas e o Sebrae Tocantins, cumpriu seu objetivo, que era projetar o Destino Taquaruçu no mercado nacional, destacando que trata-se de um destino singular, com experiências de vivências exclusivas, e que pode ser combinado com o Jalapão.



Com muitos atendimentos e a proposta para entrar no portfólio da empresa CVC, uma das maiores no ramo de comercialização de pacotes de viagens, a caravana composta por 12 empreendimentos, principalmente agências de viagens, pousadas e atrativos turísticos, todos atendidos pelo projeto de Estruturação Turística de Taquaruçu, mais as equipes técnicas da Agência Municipal de Turismo de Palmas (Agtur) e  Sebrae Tocantins, avalia como muito positiva a participação na Expo Abav 2019.

Colocar o destino no portfólio da CVC foi uma conquista celebrada durante a participação da caravana na Expo Abav 2019. Segundo ressalta o vice-presidente da ABAV Tocantins, Rodolfo Ferreira, mesmo Palmas estando no portfólio da CVC, faltava mais produtos para agregar ainda mais a cidade, e vender melhor a Capital.

“Com esse acordo de incluir o destino Taquaruçu no portfólio da CVC, com suas pousadas, seus serviços e suas belezas naturais, o Tocantins ganha muito, pois abrimos um leque na maior rede de distribuição do país para todos os produtos de Taquaruçu”, ressalta.

Ele acrescenta que, sendo uma das maiores empresas do ramo de venda de pacotes de viagens, só na CVC, sem contar com as outras empresas do grupo, o destino vai aparecer em 1500 lojas. “Nós agregamos muito para Palmas e Taquaruçu, pois podemos incluir mais produtos do Tocantins, onde os tocantinenses inclusive, podem passar a semana na Capital e o final de semana em Taquaruçu ou arredores. Essa é uma demanda que já existia, mas não tínhamos produtos formatados. Agora existe o Destino Taquaruçu e estamos orgulhosos em colocar esse produto na nossa prateleira”, disse Ferreira.
                           
O empreendedor e presidente do conselho administrativo da Governança Turística de Taquaruçu, Wertemberg Nunes, elencou vários pontos positivos do evento, em especial a grande procura que o destino obteve já na sua primeira vez em uma grande feira.

“Nós fizemos a apresentação do destino no momento e lugar certo, já entramos com um grande ‘ponta pé’. Estamos organizados e estruturados. A diversidade de produtos chamou a atenção de muitas pessoas, que ansiavam por uma oferta diferente. Fomos chamados para participar de diversas feiras, tais como a Festuris em Gramado e o Festival das Cataratas”, disse o empreendedor.

Para a empreendedora do ramo de hospedagem, Michele Lelis, a vinda para a Abav será um divisor de águas no seu estabelecimento. Ela relata que foram feitos muitos contatos e até fechamento de negócios. “Foi incrível, nós fechamos negócios excelentes, com grandes agências, atendemos pessoas que procuravam destinos diferentes, e amaram a proposta de Taquaruçu e nosso empreendimento. Estou saindo daqui satisfeita e com grandes negócios”, disse, animada, a empreendedora.

Daniela Aires, empreendedora do ramo de artesanato, ressaltou que foram muitos os resultados conquistados na feira, não apenas de comercialização nas agências, mas também de troca de experiências, e aprendizados. “Eu acredito que o objetivo da feira foi atingido, que foi mostrar Taquaruçu para o Brasil e mundo. Muitas pessoas vieram me procurar e a receptividade das agências para comercializarem nosso destino foi muito grande. Acredito que muitas agências, a partir de agora, estarão comercializando nosso destino. Enquanto passava pelos outros estandes, eu pude observar e aprender com outras experiências. Foi realmente uma experiência muito rica”, enfatizou Daniela.

O coordenador estadual da Cadeia Produtiva do Turismo do Sebrae  Tocantins, Alex Veras Dias, avalia como positiva a participação dos empresários na Abav, com resultados significativos para o turismo em Taquaruçu. “A participação do Destino Taquaruçu na Abav foi de suma importância e gerou resultados significativos. Todos que passaram pelo estande puderam observar a organização, a estruturação e a qualidade do produto ofertado na região de Taquaruçu, inclusive com a possibilidade de incluir o Destino Taquaruçu no portfólio da CVC para comercialização. Esse foi o grande resultado. Outras agências também visitaram o stand e fecharam negócios. Agora o céu é o limite para que tudo isso possa consolidar, para que de fato o destino Taquaruçu possa ter acesso a outros mercados, em nível nacional e internacional”, avaliou o coordenador.

O presidente da Agtur, Eudes Assis, destacou como a maior conquista da feira a oportunidade de poder comercializar o destino pela CVC, além de ter divulgado o destino nacionalmente. “Temos um potencial turístico de Palmas e vislumbra bons frutos para o turismo em Palmas. Hoje é a celebração dessa grande parceria da Prefeitura com Sebrae e empreendedores, é o momento de mostrarmos para todo o Brasil o grande potencial turístico da nossa Capital, em especial o Destino Taquaruçu, que é o resultado de um trabalho que já deixou sua marca no turismo da cidade. A possibilidade de estar junto com a CVC mostra que estamos no caminho certo, para colhermos bons frutos para o turismo na cidade”, finalizou o gestor.

Caravana ABAV Expo 2019

A caravana tocantinense foi composta por 12 empreendimentos, entre agências de viagens, pousadas e atrativos turísticos. São eles: Taquaruçutur Turismo, Brutus do Norte – Turismo e Experiência, Good Vibes Ecoturismo, Holyday no Jalapão, Agência de viagens Oca do Vento, Off Turismo, Terra do Sol Ecoturismo, Atrativo Pote de Ouro, Agência de Viagens Café da Mata, Pousada Oriental, Pousada Aldeia da Serra e Atrativo Vai Quem Quer.

Projeto

O projeto é uma parceria entre o Sebrae Tocantins, Sebrae Nacional e a Prefeitura de Palmas, por meio da Agtur. A parceria teve início em 2014, com o objetivo de trabalhar a estruturação de atividades relacionadas ao turismo em Taquaruçu e Taquaruçu Grande. Nesse período, cerca de 70 pequenos empresários receberam capacitações, consultorias empresariais, missões tecnológicas, apoio à governança local e acesso a eventos nacionais.

Conforme o Diagnóstico Turístico do Projeto de Estruturação Turística de Taquaruçu, 80% dos negócios são voltados ao segmento da alimentação e 66% aos serviços de apoio ao turista.  Entre os 19 negócios relacionados a atividades turísticas com atrativos, 10 possuem cachoeiras.

47ª Abav Expo Internacional de Turismo

Segundo os organizadores, a Abav Expo é considerada a maior e mais completa feira de turismo do Brasil e reúne centenas de expositores nacionais e estrangeiros de toda a cadeia turística. O público do evento é formado por compradores e tomadores de decisão das principais agências de viagens, além de gestores de viagens corporativas, operadoras emissivas e receptivas e demais profissionais do setor.


sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Governador Mauro Carlesse destaca importância do turismo para economia do Tocantins

O Governador Mauro Carlesse destacou nesta quinta-feira, 26, durante visita à Abav Expo 2019, a importância da indústria do turismo para o Tocantins e o Brasil.


O governador reconheceu, também, o execelente trabalho realizado pelo presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra, para dar mais visibilidade e, consequentemente, atrair investimentos e turistas para o estado.

Tom Lyra, por sua vez, considera a participação do estado na Abav Expo 2019 como um divisor de águas na política estadual de turismo, que marca o entrosamento do poder público com a iniciativa privada, com o objetivo de conquistar espaço na área, gerando emprego e renda, incluindo as comunidades locais nesse processo.

O Tocantins montou este ano um estande na Abav Expo em parceira com o trade e Sebrae, onde os produtos turísticos já formatados podem ser comercializados diretamente pelas agências e operadoras. Um outro ponto de divulgação dos atrativos do estado  foi montado na área disponibilizada pelo Ministério do Turismo, ampliando a visibilidade sobre o Tocantins.

Sobre a ABAV

Reconhecida como uma das principais entidades de turismo no Brasil, com crescente força política, a ABAV Nacional está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. Sua base é composta por 2,2 mil empresas associadas, entre agências de viagens, operadoras e consolidadoras, que juntas respondem por cerca de 80% de toda a movimentação de vendas do setor no país. A entidade tem sua imagem fortalecida por meio de iniciativas do seu Instituto de Capacitação e Certificação (ICCABAV), na promoção de cursos, palestras, estudos e convênios de cooperação, e na gestão e curadoria da Vila do Saber, o espaço dedicado à difusão do conhecimento e à capacitação profissional integrado à programação da ABAV Expo. Globalmente está integrada à World TravelAgentsAssociation Alliance (WTAAA) e ao Fórum Latino-Americano de Turismo (Folatur). Site: www.abav.com.br

Sobre a ABAV Expo

Realizada pela Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV Nacional), a ABAV Expo é uma das feiras brasileiras de maior longevidade e considerada a maior e mais importante para o setor de negócios de turismo. O evento contribui de maneira decisiva para a consolidação de acordos entre empresas dos cinco continentes e favorece toda a cadeia produtiva global do turismo, ao atrair a participação massiva de agentes de viagens e outros profissionais do setor, dos mais diversificados nichos de mercado, além de compradores convidados, nacionais e internacionais.

Entre os expositores estão companhias aéreas brasileiras e estrangeiras; os mais expressivos operadores de turismo; empresas de cruzeiros marítimos e de segmentos especializados, como Corporativo, MICE (Meetings, Incentives, Conferences, Exhibitions), Luxo e LGBT; os principais meios e redes de hospedagem; locadoras de veículos; equipamentos turísticos, e fornecedores de soluções de tecnologia voltadas ao setor, além de representações de destinos e órgãos oficiais de turismo. Site: www.abavexpo.com.br

Sobre a Braztoa

A Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) reúne operadoras de turismo, colaboradoras e empresas de representação de produtos e destinos, além de convidados, responsáveis por estimados 90% das viagens organizadas de lazer, comercializados pela cadeia produtiva no Brasil. Em 2018, as operadoras associadas à Braztoa faturaram R$ 13,1 bilhões e embarcaram 6,5 milhões de passageiros durante todo o ano. Essas mesmas empresas geraram um impacto econômico de R$ 11,2 bilhões para a economia nacional, neste mesmo período (quantia que contempla a soma do valor dos pacotes comercializados para destinos nacionais, com o gasto médio diário com extras do turista nos destinos). Site: www.braztoa.com.br

A Black Friday de Viagens acontece hoje (27) com vendas de pacotes e serviços turísticos com descontos

Ação acontece no Dia Mundial do Turismo durante a ABAV Expo 2019



 Tão bom quanto viajar é encontrar um produto sob medida para as suas necessidades e ainda economizar na compra. Hoje, 27 de setembro, acontece em São Paulo a inédita Black Friday de Viagens, que terá ofertas nacionais e internacionais com descontos entre 5 e 50%. A ação será realizada no Expo Center Norte (SP), durante a ABAV Expo 2019, maior feira do setor de negócios de viagens e turismo da América Latina, que inova este ano com a abertura do último dia ao público final.

Além do acesso a 500 ofertas, a iniciativa permitirá que milhares de consumidores também possam vivenciar a experiência de compra por meio de agentes de viagens, com toda consultoria, segurança e comodidade que eles oferecem. Os produtos serão comercializados exclusivamente por agências de viagens associadas à ABAV (Associação Brasileira de Agências de Viagens) na área de vendas da Black Friday de Viagens.

Todos os produtos à venda foram formatados por operadoras associadas à Braztoa (Associação Brasileira de Operadoras de Turismo), com a parceria de hotéis, companhias aéreas, locadoras de carros, empresas de seguro viagem etc.


"Todos os anos procuramos trazer inovações para a ABAV Expo. Com a abertura da feira para o público final, esperamos unir todos os elos da cadeia de turismo e garantir bons negócios para todos os participantes. O consumidor vai poder encontrar um pacote ideal com ótimo preço e conhecer os diferenciais do atendimento de um agente de viagem", diz Magda Nassar, presidente da ABAV Nacional.

Para participar da Black Friday de Viagens basta entrar no site oficial do evento (https://www.blackfridaydeviagens.com.br/) e adquirir o ingresso para a feira. O segundo lote já está à venda, com valores a partir de R$ 40, ou R$ 20 mediante a entrega de 1kg de alimento não perecível ou um livro em bom estado de conservação. Maiores de 60 anos e estudantes têm direito à meia-entrada.

Serviço:

Black Friday de Viagens Dentro da 47ª ABAV Expo Internacional de Turismo e 52º Encontro Comercial Braztoa Quando: 27 de setembro Horário: 12h às 20h Onde: Expo Center Norte (Rua José Bernardo Pinto, 333 - Vila Guilherme, São Paulo – SP)

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Presidente da ABAV Nacional destaca números impressionantes do turismo

Isenção de vistos e estratégias para crescimento do setor estiveram em pauta no encontro realizado nesta quarta, 25



O primeiro dia da 47ª ABAV Expo Internacional de Turismo e 52º Encontro Comercial Braztoa foi marcado por uma série de eventos oficiais, entre eles, uma coletiva de imprensa para debater os principais assuntos do setor. O encontro contou com a presença de Magda Nassar, presidente da ABAV Nacional, Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, secretário do Turismo do Estado de São Paulo, Roberto Haro Nedelciu, presidente da Braztoa, e jornalistas de todo o Brasil que cobrem a feira.

Magda Nassar enalteceu a grandiosidade do turismo no mundo e no Brasil, e a importância da ABAV Expo: "enquanto a economia cresce 0,4% e o volume de serviços cresce 0,8%, no Brasil, o turismo registrou crescimento de 3,2% de janeiro a julho deste ano*. É o setor que mais cresce mês a mês. Apenas em julho, US$ 598 bilhões foram injetados na nossa economia* com gastos de turistas estrangeiros, representando um aumento de 43,4%", destacou.


Já a ABAV Expo, maior evento de turismo da América Latina, já soma número recorde de visitantes: mais de 26 mil registrados até o primeiro dia da feira e 2 mil marcas expositoras. "Temos destinos nacionais e internacionais de peso e marcas muito importantes conosco", comentou.


O ministro do Turismo falou sobre o que é necessário para o crescimento do setor no país. "Grécia, Portugal e México são exemplos de países que recuperaram suas economias com investimento em turismo", e reforçou que desburocratização de processos e reformas tributária e fiscal são pontos a serem revistos para uma concorrência mais leal no setor.


Representante do destino anfitrião da ABAV Expo 2019, Vinicius Lummertz comentou sobre o programa ‘São Paulo Pra Todos’, do governo do Estado, e os esforços das autoridades para desenvolverem o destino turístico. "Já somamos, desde o começo da gestão, 499 novas frequências semanais no Estado e seis novos aeroportos no interior. Até o fim do ano, chegaremos a dez aeroportos em funcionamento", comemorou. O secretário também fez um importante alerta: "O turismo cresce mais que a economia do Brasil e isso deveria representar uma mudança nas estratégias do país.

Roberto Haro Nedelciu, presidente da Braztoa, aproveitou o encontro com a imprensa para comentar três novidades da associação. "A primeira é a Black Friday de Viagens, aqui na ABAV Expo, com 500 pacotes formatados exclusivamente por operadores da Braztoa e vendidos por agências associadas à ABAV", celebrou. A segunda informação foi sobre o já consagrado Prêmio de Sustentabilidade Braztoa. A entidade recebeu número recorde de 180 inscrições, os cases finalistas já foram selecionados e os vencedores serão anunciados em cerimônia de premiação em novembro, na cidade de Canela, no Rio Grande do Sul. Por fim, o presidente anunciou que já foram definidas duas Experiências Braztoa em 2020: em junho, no Maranhão, e em agosto, em Minas Gerais.


As autoridades e representantes de entidades presentes também falaram sobre a isenção de visto para cidadãos dos Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália e a falta de reciprocidade para os viajantes brasileiros. "Há seis anos, o Brasil estava na lista de possíveis candidatos para a isenção de vistos dos Estados Unidos e, por uma série de critérios, não conseguiu. Mas a perda não é nossa, do Brasil, e sim, deles. São eles que deixam de receber nossos turistas e divisas vindas das viagens. Com essas dificuldades, muitos viajantes escolhem outros destinos", explicou Magda. O ministro do Turismo concordou e disse que o governo brasileiro não podia aguardar a reciprocidade para isentar os viajantes estrangeiros. "Os turistas vindos de outros países gastaram 43% a mais, de janeiro a julho deste ano, do que no mesmo período do ano passado. Eu escolho a nossa economia girando a reciprocidade", enfatizou.

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Abav Expo 2019 supera todas as expectativas


Superando todas as expectativas, a 47ª ABAV Expo Internacional de Turismo e o 52º Encontro Comercial Braztoa apresentam números que demonstram a pujança da indústria do turismo no Brasil. A feira bateu o recorde de inscritos, com 26 mil pessoas participando do evento.


Outro recorde está no número de marcas expositoras, em torno de 2000, em um espaço de 27 mil m2. Foram gerados 1700 empregos para viabilizar o evento, que este ano celebra "todas as formas de amor", como disse na abertura a presidente da ABAV nacional, Magda Nassar, primeira mulher a presidir a entidade.

Uma das novidades deste ano é Black Friday de viagens, que ofertará ao público no encerramento da ABAV 2019, no dia 27, 500 pacotes elaborado pela Braztoa, com descontos de 5 a 50 por cento. Somente durante a feira serão treinados mais de 5000 profissionais. 

A Abav Expo 2019 contou na abertura com as presenças do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, do presidente da Embratur, Gilson Machado, e do secretário de Turismo de São Paulo, Vinícius Lummertz, entre outras autoridades.

Sobre a ABAV Expo  

Realizada pela Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV Nacional), a ABAV Expo é uma das feiras brasileiras de maior longevidade e considerada a maior e mais importante para o setor de negócios de turismo. O evento contribui de maneira decisiva para a consolidação de acordos entre empresas dos cinco continentes e favorece toda a cadeia produtiva global do turismo, ao atrair a participação massiva de agentes de viagens e outros profissionais do setor, dos mais diversificados nichos de mercado, além de compradores convidados, nacionais e internacionais.
Entre os expositores estão companhias aéreas brasileiras e estrangeiras; os mais expressivos operadores de turismo; empresas de cruzeiros marítimos e de segmentos especializados, como Corporativo, MICE (Meetings, Incentives, Conferences, Exhibitions), Luxo e LGBT; os principais meios e redes de hospedagem; locadoras de veículos; equipamentos turísticos, e fornecedores de soluções de tecnologia voltadas ao setor, além de representações de destinos e órgãos oficiais de turismo. Site: www.abavexpo.com.br

Sobre a Braztoa 

A Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) reúne operadoras de turismo, colaboradoras e empresas de representação de produtos e destinos, além de convidados, responsáveis por estimados 90% das viagens organizadas de lazer, comercializados pela cadeia produtiva no Brasil. Em 2018, as operadoras associadas à Braztoa faturaram R$ 13,1 bilhões e embarcaram 6,5 milhões de passageiros durante todo o ano. Essas mesmas empresas geraram um impacto econômico de R$ 11,2 bilhões para a economia nacional, neste mesmo período (quantia que contempla a soma do valor dos pacotes comercializados para destinos nacionais, com o gasto médio diário com extras do turista nos destinos).

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Jogos Indígenas da Ilha do Bananal reúnem três etnias na Aldeia Fontoura

Seleucia Fontes

A prática esportiva é tão importante para os povos indígenas quanto suas festas mais tradicionais. 
Parte viva da tradição Karajá, os Aruanãs vão dançar na abertura. Emerson Silva/Governo do Tocantins
Prova disso é o sucesso dos Jogos Indígenas, em suas edições nacionais e internacionais, com importante participação do Tocantins, que já sediou duas competições, em Porto Nacional e Palmas, sempre com performance vitoriosa das etnias locais. Seguindo o costume, a aldeia Karajá Fontoura, na Ilha do Bananal, realiza neste fim de semana os Jogos dos Povos Indígenas da Ilha do Bananal.
A programação começou nesta quinta, 19, com a participação do presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra, que conduziu um workshop para discutir o desenvolvimento de projeto de etnoturismo. “A Ilha do Bananal é habitada pelos povos Karajá e Javaé e possui grande potencial, tanto para a atividade da pesca esportiva, quanto na apresentação de suas festas tradicionais”, pontua o gestor, lembrando que o governador Mauro Carlesse está sensível às demandas das comunidades indígenas tocantinenses e vê no turismo uma saída para a geração de renda e para a preservação cultural.
Nesta semana, o cacique Cleber Ixydeo Karajá esteve na sede da Adetuc para apresentar detalhes do evento ao presidente da pasta. Segundo ele, são aguardadas cerca de 3 mil pessoas, de 27 aldeias das etnias Karajá, Javaé e Tapirapé, que são do Mato Grosso, mas possuem aldeias na Ilha.
“Queremos mostrar esse resgate das aldeias que estão esquecendo da cultura e incentivar nossas crianças”, disse o cacique, lembrando que a aldeia, onde vivem 860 pessoas, terá condições de receber tantos visitantes graças ao apoio do Governo do Estado, das prefeituras e Lagoa da Confusão (TO) e Luciara (MT), bem como da Associação Indígena Aldeia Fontoura (Assif).
Jogos
A programação começa na sexta, 20, com a recepção aos indígenas das aldeias convidadas. Na manhã do dia 21 será feita a abertura oficial, no campo de futebol, com a passagem dos Aruanãs e danças tradicionais.
No sábado e no domingo haverá jogos de futebol, masculino e feminino, e competições de natação (masculino/feminino), corrida de corrida de 100 m (masculino/feminino), minimaratona, sendo 5 km para homens e 3 km para mulheres, além de luta corporal (masculino/feminino).

ABIH inicia ações estratégicas em relação à Lei Geral de Proteção de Dados

Por Manoel Cardoso Linhares, presidente da Associação Brasileira da Indústrias de Hotéis (ABIH Nacional)

Os chamados ‘negócios disruptivos’, empresas da área de tecnologia que interferem nos setores tradicionais da economia, são empreendimentos ou idéias que levam benefícios ao consumidor, têm o poder de mudar o mercado do qual fazem parte e possuem alto valor agregado, atendendo a demanda dos consumidores cada vez mais exigentes e ávidos por inovações, nos mais variados mercados.

Impulsionados pelo desenvolvimento e barateamento de diversos tipos de tecnologia, mais e mais dados pessoais são coletados e tratados todos os dias, para as mais diversas finalidades e com os mais variados tipos de interesses, sem nenhuma restrição.

Podemos realizar o cruzamento de diversos tipos de dados pessoais ao mesmo tempo, gerando informações estratégicas e preciosas a respeito dos seus titulares através destes cruzamentos, as quais são utilizadas para aumentar a eficiência na oferta de produtos e serviços customizados para estes, bem como gerar inteligência e conhecimento sobre eles.

Mas, o uso indiscriminado de dados pessoais tem os seus dias contados, com a sanção da Lei 13.709/2018, a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), que entrará em vigor no mês de agosto de 2020, como uma Lei transversal a todo o mercado e aplicada a todas as empresas, independente dos seus portes, faturamentos ou esferas nas quais operem (público/privada), restringindo e normatizado a utilização dos dados pessoais de pessoas naturais, trazendo direitos para os titulares de dados pessoais e responsabilidades para aqueles que os tratam.

Assim sendo, todas as empresas deverão se adaptar aos requisitos legais da LGPD e, como não haveria de ser diferente, o setor de turismo em geral, em especial o hoteleiro, que trata de uma série de dados pessoais dos seus hospedes, desde o momento em que são realizadas as suas reservas, quando estão desfrutando dos serviços oferecidos pelos hotéis, quando realizam pagamentos, dentre de tantas outros exemplos, bem como dos seus funcionários (diretos e/ou terceirizados).

Preocupada com os impactos que a LGPD trará para o setor hoteleiro, a ABIH Nacional vem trabalhando neste tema, atentamente, desde o momento da sua sanção, bem como vem acompanhando de perto a formação da sua ANPD: Autoridade Nacional de Proteção de Dados, órgão responsável por zelar, implementar e fiscalizar o cumprimento da Lei.

Visando atender as necessidades dos seus associados no tocante a soluções para a adequação aos requisitos legais da LGPD, a ABIH homologou uma série de serviços que foram desenvolvidos por especialistas das áreas de perícia forense, proteção de dados, privacidade, segurança da informação e direito digital, a partir do detalhamento da LGPD, e apresentou-os aos seus associados regionais na reunião que teve com os mesmos no seu stand no evento Equipotel, realizado este mês em São Paulo.

Tais serviços já se encontram à disposição dos hotéis associados à ABIH, com o diferencial da facilidade de implementação e de descontos especiais para as suas contratações para todos os hotéis associados.

Uma cartilha detalhada para o segmento hoteleiro está em fase final de preparação, para orientar e servir de guia a todos os hotéis nesta jornada que agora se inicia referente à governança de dados pessoais.


Propostas para o desenvolvimento da região das Serras Gerais por meio do turismo são apresentadas durante Fórum

Seleucia Fontes

Um Estado privilegiado, em belezas naturais e capital humano, que precisa ter sua potencialidade turística desenvolvida. Esta foi a opinião unânime dos participantes dos debates realizados durante o Fórum Efeitos do Turismo no Desenvolvimento Regional - Serras Gerais, realizado nesta sexta, 20, na Escola Agrícola de Natividade.

Abertura e debate sobre desenvolvimento regional

A manhã foi dedicada ao turismo pelas óticas do desenvolvimento regional, do associativismo e do cooperativismo e das oportunidades de crédito e financiamentos.


Representando a Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), a superintendente de Turismo Maria Antônia Valadares, apresentou os projetos da pasta voltados ao fomento da pesca esportiva e do turismo de observação de aves. Especialmente sobre as Serras Gerais, a gestora enfatizou a acessibilidade da região, lembrando que os projetos precisam oferecer sustentabilidade social, ambiental e econômica.

O Ministério do Turismo foi representado por duas técnicas e pelo chefe de gabinete Hercy Aires Rodrigues Filho, que em nome do ministro Marcelo Álvaro levou a mensagem do protagonismo. "Temos que estruturar, qualificar e divulgar os destinos para que o próprio povo seja beneficiado com qualidade de vida e geração de renda", pontuou.

Diretora técnica do Sebrae Tocantins, Eliana Castro lembrou que a entidade atua nas Serras Gerais há mais de 5 anos. "Os produtos estão formatados, agora é preciso comercializar", pontuou, reafirmando que a região tem todas as condições de crescer através do turismo, que é o setor da economia que mais vai se desenvolver nos próximos anos.

A programação, que no período da tarde será dedicado a visita técnica ao centro histórico de Natividade, conta com a participação de todos os municípios da região das Serras Gerais, entidades do trade turístico, empreendedores, estudantes e comunidade em geral. A realização do Fórum é do Sebrae Tocantins, tendo como parceiros o Governo do Tocantins, Ministério do Turismo, Prefeitura de Natividade, ATTR e Assegtur.

Sustentabilidade ganha espaço na ABAV Expo

Feira terá gestão de resíduos sólidos gerados no evento

Daniel Vorley/AbavExpo

A ABAV EXPO apoia a campanha Sou Resíduo Zero, que visa a gestão inteligente de todos os seus resíduos provenientes da montagem, realização e desmontagem. O objetivo da campanha é desviar a maior quantidade possível de materiais do aterro sanitário e incorporá-los novamente na cadeia produtiva. Esse processo conta com mais de 30 pessoas envolvidas na separação dos materiais, que são classificados em até 12 tipologias.

A organização da ABAV EXPO acredita que a boa gestão de resíduos não depende apenas do momento de separação dos materiais. Com o objetivo de sempre melhorar os resultados alcançados, a campanha se preocupa em engajar todos os expositores, montadoras e equipe de limpeza, além da utilização dos canais de comunicação para engajar os visitantes.

O Recife, presente nesta edição da ABAV Expo com o tema do Verdadeiro Carnaval de Rua do Brasil, e réplicas do Galo Artesão, representando o Galo da Madrugada do artista Leopoldo Nóbrega, entre outras atrações, está apoiando a ação de sustentabilidade. A marca do Recife vai figurar em toda a área de recolhimento e reciclagem de credenciais do evento, além do setor de coleta seletiva, e será oferecido aos visitantes um brinde especial – um canudo sustentável para quem tirar uma foto no Espaço Recife, junto ao Galo Artesão, seguir e postar marcando o Instagram @visit.recife.

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Comunidade do Prata estará na Abav 2019 com suas tradições e projeto de turismo de base comunitária

Seleucia Fontes

Além do pavilhão de exposições e dos eventos de qualificação da Vila do Saber, a 47ª Abav Expo Internacional de Turismo reserva um espaço específico para a demonstração de roteiros e vivências comunitárias.


Associadas se revezam no Restaurante Sabor do Quilombo - Emerson Silva


É neste local que representantes da Comunidade Quilombola do Prata, do Jalapão, estarão presentes para mostrar suas tradições e divulgar o turismo de base comunitária que tem atraído uma crescente parcela de turistas interessados em uma maior convivência com os moradores da mais famosa região turística do Tocantins.
Localizada a 20 km de São Félix do Tocantins, um dos municípios da região do Jalapão, distante 267 km da Capital, Palmas, a Comunidade do Prata conta com cerca de 200 moradores. Há cerca de um ano e meio, a Associação de Moradores aderiu ao turismo de base comunitária. O projeto foi desenvolvido pelo Instituto Meio, de São Paulo, com financiamento do Fundo Socioambiental Caixa, que levou capacitações em áreas diversas, além da aquisição de camas, material de cama e banho, equipamentos para o Restaurante Sabor do Quilombo, que fica na sede da Associação e tem capacidade para atender até 40 pessoas.
O turista que passa pela localidade encontra comida caseira servida com carinho e acomodações simples, mas confortáveis, em seis residências que ganharam os sugestivos nomes de “Cajueiro”, “Canto do Sabiá”, “Buritis”, “Mãe Tico”, “Prata” e “Seu Abílio”, com capacidade para receber 30 hóspedes simultaneamente.
O receptivo aos turistas veio para melhorar a vida dos moradores dessa comunidade surgida há cerca de 100 anos, e que somente no início do século 21 teve acesso a energia elétrica e saneamento básico.
Segundo o presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra, a sustentabilidade é a base para o desenvolvimento da região. “Por isso, o governador Mauro Carlesse não tem medido esforços para buscar parcerias e financiamentos para obras de infraestrutura no Jalapão”, afirma.
Vale lembrar que o embrião do turismo de base no Jalapão, nas comunidades de Prata e do Mumbuca, teve início com projeto realizada pelo Governo do Estado, por meio da antiga Agência de Desenvolvimento do Turismo (Adtur), executora do planejamento inicial e das oficinas participativas, por meio do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS), financiado pelo Banco Mundial.
A 47ª Abav Expo Internacional de Turismo é uma realização da Associação Brasileira de Agências de Viagem (ABAV) e ocorrerá nos próximos dias 25 a 27 de setembro, na Expo Center Norte, em São Paulo, juntamente com o 52º Encontro Comercial Braztoa.

MTur realiza diagnóstico para alteração em Registro de Hóspedes

Pasta está se reunindo com gestores e trade turístico para traçar mudanças a serem realizadas

Diagnóstico do MTur pretende trazer soluções inovadoras para a Ficha Nacional de Registro de Hóspedes (FNRH) Crédito: Roberto Castro/MTur 

O Ministério do Turismo está fazendo uma avaliação junto ao trade turístico e gestores do setor para realizar mudanças na Ficha Nacional de Registro de Hóspedes (FNRH). A ideia é fazer com que ela se torne uma declaração digital, trazendo benefícios tanto para o turista, quanto para os empresários da rede hoteleira. Com o documento, o governo federal pode coletar informações que identifiquem o perfil do turista e as taxas de ocupação de cada região, atuando assim, na melhoria da elaboração de políticas públicas direcionadas ao setor.

De acordo com o secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, Aluizer Malab, a iniciativa vem sendo trabalhada desde o início do ano e irá modernizar o setor. “Estamos trabalhando para trazer algo moderno e que acompanhe o momento tecnológico que estamos vivendo, tornando mais ágil o processo de chegada dessas informações. Isso beneficiará quem está lá na ponta: o cidadão e, também, os empresários já que para qualquer negócio ter sucesso, é necessário entender bem o seu público-alvo”, destacou.

Para se hospedar em qualquer hotel ou pousada pelo país, os turistas nacionais e internacionais devem preencher a Ficha Nacional de Registro de Hóspedes. Ela conta com informações como o tempo de permanência no destino, o número de acompanhantes, o meio de transporte e o local de residência, entre outros dados. O envio dessas fichas é obrigatório para todos os estabelecimentos que atuam legalmente e possuem, portanto, registro no Cadastur, o sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas, do Ministério do Turismo, que atuam no setor.

Turismo e Cidadania discutem criação da Rede Brasileira de Cidades Criativas

Iniciativa, baseada em programa da Unesco, estimula desenvolvimento turístico e social dos municípios brasileiros

Divulgação

Os ministérios do Turismo e da Cidadania se reuniram, nesta terça-feira (17), para dar continuidade às tratativas da criação da Rede Brasileira de Cidades Criativas. As Pastas discutiram sobre aspectos do Acordo de Cooperação Técnica, encaminhamentos para o primeiro produto desse Acordo e estratégias de lançamento da Rede.

A Rede Brasileira, que é uma iniciativa baseada na Rede Mundial de Cidades Criativas, criada em 2004 pela Unesco, tem como objetivo estimular o desenvolvimento da Economia Criativa nos municípios brasileiros, gerar inclusão social e econômica com sustentabilidade. Além disso, busca incrementar as cadeias produtivas locais e regionais, impulsionar a dinâmica e a colaboração com os setores de turismo e de serviços transversais à cultura.

Para o secretário de Integração Interinstitucional, Bob Santos, a iniciativa traz, acima de tudo, qualidade de vida para as localidades afetadas. “Esse acordo de cooperação técnica dá poder de desenvolvimento turístico, econômico, cultural e social às comunidades. Ele é um instrumento que afeta diretamente a qualidade de vida das cidades, criando soluções criativas de melhorias locais. O turismo tem muito a ganhar com esse projeto “, ressaltou o secretário.

De acordo com a Unesco, as cidades da rede trabalham em busca de dois objetivos comuns: colocar as indústrias criativas e culturais no centro dos planos de desenvolvimento locais e cooperar ativamente por meio de parcerias entre cidades em nível nacional e internacional. São sete categorias: artesanato e artes folclóricas, design, cinema, gastronomia, literatura, artes midiáticas e música. Os municípios só podem se candidatar a uma única categoria da Rede de Cidades Criativas. Atualmente, a rede conta com 180 cidades em 72 países.

Oito cidades brasileiras fazem parte da Rede Mundial: Belém (PA), Florianópolis (SC) e Paraty (RJ), no campo da Gastronomia; Brasília (DF) e Curitiba (PR), no do Design; João Pessoa (PB), em Artesanato e Artes folclóricas; Salvador (BA), na Música; e Santos (SP), no Cinema.

TROCA DE EXPERIÊNCIA

O MTur participou, neste ano, de dois encontros importantes sobre cidades criativas. O Ecriativa, realizado em março, reuniu os oitos destinos nacionais que fazem parte da rede mundial e proporcionou troca de experiências sobre os projetos atuais e futuros com apresentação de painéis das cidades. A Pasta também esteve presente, em junho, na 5ª edição do Mercado de Indústrias Criativas Argentinas (MICA), que incentiva atividades turísticas com base na economia criativa.

Embratur debate o futuro do turismo brasileiro com o ex-secretário-geral da OMT

Presidente Gilson Machado Neto se reúne com Taleb Rifai, hoje conselheiro da ATTA, para troca de experiência e apresentação de novas ações do Instituto



Taleb Rifai e o presidente da Embratur se reuniram nesta quarta-feira, na Suécia

O presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Gilson Machado Neto, apresentou, nesta quarta-feira (18), em Gotemburgo, na Suécia, as novas ações de promoção internacional do Brasil a Taleb Rifai, ex-secretário-geral da Organização Mundial do Turismo e consultor especial da ATTA (Adventure Trade Trade Association), uma das principais organizações promotoras do ecoturismo e turismo de aventura do mundo.

O economista jordaniano elogiou as propostas elencadas e considerou o momento oportuno para o Brasil reforçar a importância econômica e social do turismo. Ele previu grandes avanços com o plano e se dispôs a contribuir para a consolidação do país como importante destino de viajantes. “A isenção de vistos, assim como já foi feito para Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão, é um meio seguro e ágil. A minha sugestão é que seja aberto para mais países e que haja sempre uma facilitação para o turista internacional. Outra experiência também promissora é o aumento da conectividade”, alertou Taleb Rifai ao presidente da Embratur, que esteve acompanhado do chefe da Assessoria de Gestão Estratégica do Instituto, Rafael Luisi.

Gilson Machado Neto ressaltou que a intenção da Embratur, junto com a Presidência da República, é de consolidar a “Marca Brazil” no mercado internacional. “Um exemplo a ser seguido é o da Índia, que criou o ´INCREDIBLE INDIA´. Acreditamos no potencial de comercialização de um país através de sua marca”, destacou o presidente.

Durante o encontro, Taleb Rifai sugeriu, ainda, ações focadas no público-final. Além do branding, que envolve toda construção da imagem em torno de uma marca, ele afirmou que é fundamental que o Instituto invista em campanhas de marketing, trabalhe pela facilitação dos vistos, em especial os eletrônicos, além do aumento da conectividade aérea, promoções hoteleiras e pacotes de viagens.  

“O Brasil é um continente, tem muito a oferecer. Um país é representado por sua língua, sua cultura, e o Brasil tem muito mais que uma só, por isso, é preciso focar na ´multiculturalidade´ da nação. Além disso, o turismo doméstico brasileiro é muito importante. Ele faz com que a economia local se movimente, gerando emprego e renda. Também deve haver a facilitação de viagens internas”, afirmou Rifai.

O presidente Gilson Machado Neto convidou Taleb Rifai para ser conselheiro da Embratur. Ele se dispôs a contribuir para a consolidação do país como importante destino de viajantes. “Eu custo muito caro, por isso, farei de graça pelo amor que tenho ao Brasil”, afirmou.