Loja virtual Sebrae

sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

Gilson Machado Neto assume presidência do Conselho Deliberativo da Embratur

Ministro do Turismo destacou a união de esforços pela recuperação do setor e apontou medidas adotadas pelo governo federal para socorrer empresas

Ministro do Turismo destacou a união de esforços pela recuperação do setor. Crédito: Roberto Castro/MTur

“Ministério do Turismo e Embratur possuem sinergia total, e quem ganha com isso é o Brasil”. Foi o que enfatizou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, ao assumir nesta quarta-feira (27.01), em Brasília, a presidência do Conselho Deliberativo da Embratur (Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo). Na primeira reunião ordinária do ano do colegiado, Machado apontou a recuperação do turismo a partir de medidas adotadas pelo governo federal e destacou a atenção do presidente Jair Bolsonaro às necessidades do setor.

“O setor começou a apresentar sinais de recuperação no segundo semestre de 2020, ainda na gestão do ministro Marcelo Álvaro, e esta é uma tendência, como no caso das empresas aéreas. O cenário está melhorando bastante graças ao governo Bolsonaro, com atitudes enérgicas. Temos a principal vocação para o turismo após a pandemia, que é o turismo de natureza, e isso é um grande diferencial, juntamente com a vacinação contra o coronavírus pelo nosso governo, que trará segurança a turistas e trabalhadores”, ressaltou o ministro.

 Gilson Machado citou iniciativas a exemplo da disponibilização do Selo Turismo Responsável pelo MTur, que indica o cumprimento de medidas de prevenção à Covid-19 por atividades da área e que já soma mais de 26 mil adesões, e a oferta de R$ 5 bilhões em crédito a empresas do segmento por meio do Fundo Geral de Turismo (Fungetur). O ministro também destacou o repasse de R$ 8,3 milhões a 16 estados e ao Distrito Federal para a promoção de atrativos locais, a fim de reforçar o posicionamento de destinos no pós-pandemia.

O presidente da Embratur, Carlos Brito, empossado como secretário executivo do Conselho, enalteceu o empenho do governo e do trade pela retomada do turismo. “É uma alegria poder somar a tantos esforços para uma verdadeira transformação do turismo no Brasil. Tivemos vitórias verdadeiramente históricas desde o início do atual governo, e a minha intenção é seguir a linha desenvolvida pelo ministro do Turismo, ressaltando todo o potencial que o nosso país tem para ser o protagonista no setor do turismo”, declarou.

A reunião teve a participação de Manoel Linhares, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH Nacional); de Marco Ferraz, presidente da CLIA Brasil (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos); de Roberto Nedelciu, presidente da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa); de Paulo Solmucci Júnior, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), e de Marta Feitosa, técnica de turismo da Confederação Nacional de Municípios (CNM), entre outros integrantes do Conselho Deliberativo da Embratur.

Fonte: Ministério do Turismo

CAPACITAÇÃO: MTur e IFRS abrem inscrições para mais 9 cursos gratuitos

Parceria promove qualificações em diferentes temáticas como idiomas, língua portuguesa e indicação geográfica

Acordo de cooperação entre MTur e IFRS viabiliza oferta de 22 cursos gratuitos. Crédito: Divulgação

Estão abertas as inscrições para mais nove cursos gratuitos voltados a profissionais do setor turístico. As qualificações incluem seis turmas de diferentes níveis de inglês, uma turma para o curso "Indicação Geográfica: Agregando Valor a Produtos e Regiões” e duas turmas de português como língua adicional, voltadas para profissionais de turismo refugiados e imigrantes, além de brasileiros que queiram aprimorar o conhecimento na língua.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 30 de junho de 2021. Clique AQUI para se inscrever.

A oferta de cursos é fruto de uma parceria entre o Ministério do Turismo e o Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) que tem o objetivo de ampliar o acesso à capacitação de profissionais do setor e de promover a qualificação do turismo nacional. Os cursos devem ser finalizados até o dia 31 de julho de 2021, prazo final também para emissão de certificado. Para ter direito ao documento, é necessário que o aluno atinja média final mínima de 60%. Os cursos também estão disponíveis para profissionais de outras áreas que desejam se capacitar nos universos temáticos oferecidos.

Além destes, outros dois cursos anunciados no início do mês seguem com inscrições abertas: o de Agência de Viagem e Turismo e o de Libras: compreensão básica. A previsão é de que mais 12 cursos abram inscrições nos próximos dias.

Clique aqui e confira a lista completa de cursos a serem ofertados pela parceria entre o MTur e a IFRS.

Fonte: Ministério do Turismo

quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

O Parque Estadual do Jalapão (TO) será concedido à iniciativa privada

O BNDES divulgou nessa terça-feira, 26, que o Tocantins foi um dos seis Estados que aderiram ao seu Programa de Estruturação e Concessão de Parques Naturais, lançado no final do ano passado. O Parque Estadual do Cantão também está inserido no programa. O Banco já tem contratos com o Tocantins, Bahia, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Sul.

Dunas do Jalapão. Arquivo Adetuc

Pelo programa, o Banco oferecerá suporte a processos de desestatização de serviços de visitação. Será concedido à iniciativa privada inicialmente um conjunto de 26 unidades de conservação e outros ativos correlatos. Esses parques naturais estão nos estados de Tocantins, Bahia, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Sul. Pelos contratos, o BNDES vai oferecer apoio, avaliação, estruturação e implementação de projetos visando à concessão dos parques.

Os Parque Estaduais do Jalapão e do Cantão serão o foco dos estudos do BNDES para viabilização de alternativa que conjugue boas práticas ambientais com geração de renda no Tocantins, por exemplo. Esses parques protegem deltas e a vegetação de cerrado que compõem a região, abrigando também cachoeiras, montanhas e nascentes naturais (fervedouros).

Segundo o BNDES, o programa de concessões de unidades de conservação vai atrair investimentos para aprimorar a qualidade dos serviços prestados em cada parque, com a consequente melhora da experiência dos visitantes. “Os contratos vão prever melhorias desde investimentos básicos em infraestrutura, como banheiros, sinalização ao longo das trilhas e aparelhamento dos centros de visitantes, até o desenvolvimento de novos atrativos e equipamentos de recreação de acordo com a vocação de cada parque e com foco no ecoturismo e conservação ambiental”, explica Pedro Bruno Barros de Souza, superintendente de Governo e Relacionamento Institucional do BNDES.

Sob a perspectiva dos estados que vão promover as concessões, além da preservação das unidades, que é uma premissa do programa do BNDES, as parcerias atrairão investimentos pelo operador privado que desonerarão os cofres públicos, além de estimular ao turismo sustentável e desenvolver as economias locais nas áreas de influência de cada parque, explica Souza.

O Instituto Semeia, parceiro no processo, financiará junto com outros parceiros privados um estudo setorial a ser desenvolvido com o BNDES. Ambos vão promover, ainda, a interlocução com potenciais investidores, como operadores de parques atuais, além de capacitar agentes públicos para a gestão futura dos contratos de concessão. Apesar de já existirem há décadas no Brasil, as concessões de parques ainda existem em pequeno número, considerando-se o extenso universo de unidades de conservação em todas as regiões do país.

Embora com inegáveis atrativos naturais, o Brasil é apenas o 32º. país no ranking Travel & Tourism Competitiviness Index 2019, embora seja o 2º. no destaque em recursos naturais, atrás apenas do México. Segundo pesquisa do Instituto Semeia de 2019, 55% dos parques brasileiros ainda não têm estrutura de apoio à visitação ou que garanta as necessidades básicas dos visitantes.

O Programa do BNDES para parques vai trazer investimentos na profissionalização dos agentes, na ampliação das opções de lazer e na exploração dos potenciais turísticos locais, que são fundamentais para atração de visitantes e investidores.

Ao conceder o suporte aos estados com interesse em conduzir processo de concessão de seus parques naturais, o BNDES busca implementar todos estes avanços, com consequência imediata na melhoria de vida das pessoas e no crescimento econômico local. O Banco também espera que, com o sucesso dos leilões, sejam atraídos investimentos privados com foco em ecoturismo e educação ambiental.

O apoio do BNDES envolve parques naturais, que são unidades de conservação de proteção integral reguladas pela Lei 9.985/2000.  Seus recursos só podem ser utilizados de forma indireta, em atividades como pesquisa científica e turismo ecológico.

O Brasil conta com aproximadamente 450 unidades de conservação caraterizadas como parques, muitas com problemas de regularização fundiária, infraestrutura precária para visitação, além de falta de recursos para conservação das áreas protegidas.

Enquanto no país essas unidades contam com um volume de 15 milhões visitantes ao ano, nos EUA essa cifra supera os 300 milhões.

Fonte: Agência BNDES de Notícias

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Comércio em Palmas tem novos horários a partir de desta segunda, 25

Medidas visam conter o avanço da contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19) e taxa de ocupação de leitos hospitalares em Palmas

Foto: Lucas Estêvão

Entrou em vigor nesta segunda-feira, 25, o Decreto Nº 1.982, publicado na edição 2.656, do Diário Oficial Do Município (DOM), da última sexta-feira, 22, que dispõe sobre o horário de funcionamento das atividades comerciais em Palmas, com vistas a conter o avanço da infecção pelo novo coronavírus (Covid-19). Com a edição desse decreto fica revogado o de número 1.981, publicado no último dia de janeiro.

A medida levou em consideração o aumento do número de novos casos e da taxa de ocupação hospitalar na Capital, próxima de 50%, conforme boletins epidemiológicos expedidos pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria da Saúde (Semus).

De acordo com a nova normativa, quiosques e ambulantes do ramo alimentício e de entretenimento que trabalham nas praias só têm autorização para funcionar até as 15 horas aos sábados e domingos. Já as demais atividades, a exemplo de restaurantes continuam com o horário de funcionamento estipulado até às 23 horas.

A exceção destes horários é dada a postos de combustíveis, farmácias, serviços hospitalares e de hotelaria, que pela natureza, são considerados essenciais. Já os supermercados deverão fechar às 23 horas.

Vedados

O Decreto Nº 1.982/2021 mantém ainda a suspensão, por tempo indeterminado da realização de shows, o funcionamento de boates e a utilização dos píeres 1 e 2 localizados na Praia da Graciosa. Também continua vedado o consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos e em estacionamentos de distribuidoras e conveniências.

Ainda conforme o Art. 2º, Inciso II do decreto, fica vedado à realização de festas em propriedades urbanas e rurais, com aglomeração de pessoas, exceto eventos autorizados de acordo com protocolo estabelecido pela Vigilância Sanitária, conforme previsto no Art. 4º do Decreto nº 1.959, de 29 de outubro de 2020. Já o Inciso III veda a utilização, pela população, das faixas de areia das praias locais. O decreto também determina que o Parque Cesamar fique fechado para o público aos sábados e domingos.

Fiscalização

A fiscalização do cumprimento deste Decreto está a cargo da Diretoria de Fiscalização Urbana da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Serviços Regionais (Sedusr) e a Secretaria Municipal da Saúde (Semus), por meio da Vigilância Sanitária (Visa), em conjunto com a Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu), por meio da Guarda Metropolitana de Palmas e agentes de Trânsito. A fiscalização será ainda reforçada pela Polícia Militar. O Município também poderá solicitar apoio das forças de segurança do Estado para garantir o cumprimento das medidas restritivas.

O não cumprimento das medidas estabelecidas no decreto sujeita o infrator às penalidades previstas no Art. 10 da Lei Federal Nº 6.437, de 20 de agosto de 1.977, no que couber, além das penalidades administrativas, cíveis e criminais, conforme o caso, inclusive cassação de alvará na hipótese de reincidência.

A restrição de horário para funcionamento do comércio até 23 horas não se aplica a estabelecimentos que, pela localização, sejam regidos por normas de competência federal. 

 

Fonte: Secom Palmas

Morte de quatro atletas, presidente do Palmas Futebol e Regatas e comandante da aeronave em acidente aéreo gera comoção

Os ocupantes da aeronave eram os jogadores Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule Gomes e Marcus Molinari, o presidente da Palmas Futebol e Regatas, Lucas Meira, e o piloto, comandante Wagner Machado Júnior. O voo seguiria para Goiânia, onde o Palmas enfrentaria o Vila Nova pela série D do Campeonato Brasileiro nesta segunda-feira, 25.

Foto: Montagem Daniel Lélis

O acidente fatal ocorreu na manhã de domingo, 24, logo no início da decolagem do bimotor Baron, na pista da Associação Tocantinense de Aviação (ATA), localizada no distrito Luzimangues, Porto Nacional. O local do acidente fica a 18 km de Palmas, capital do estado. O Governador Mauro Carlesse, a prefeita de Palmas, Cínthia Ribeiro, e a Federação Tocantinense de Futebol decretaram luto oficial por três dias.

O corpo do presidente do Palmas Futebol e Regatas, Lucas Meira, foi velado em cerimônia intimista para amigos e familiares na sede de sua empresa, Renapsi, em Palmas. O sepultamento foi no cemitério Jardim das Acácias, às 11h30.

As famílias dos quatro atletas envolvidos no acidente, Ranule, Guilherme Noé, Lucas Praxedes e Marcus Molinari e do comandante Wagner foram assistidas para que os corpos sejam enviados para as suas cidades de origem. O clube fará uma homenagem simbólica a eles a partir das 18h30 desta segunda-feira, 25, no Centro de Treinamento do Palmas (1006 Sul).

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Mateiros aposta na profissionalização para fomentar o turismo e gerar emprego e renda

Com as principais atrações do Jalapão em seu território, a administração pública de Mateiros aposta no turismo para que seja um propulsor direto e indireto da economia local gerando emprego, renda e expectativas renovadas para a comunidade local. Para tanto, o prefeito Pastor João investiu na profissionalização do setor, nomeando nessa quarta-feira, 20, o consultor Maicon Dimbarre secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Turismo (SEDEMATUR).

Prefeito de Mateiros Pastor João e o novo Secretário de Turismo e Meio Ambiente Maicon Dimbarre

Para o novo Secretário, o desenvolvimento do setor turístico é possível quando há na gestão pública: equipe técnica qualificada e experiente, sinergia e diálogo com empresários e comunidade, empenho para gerar a segurança – conforto – encantamento dos turistas, ordenamento da cadeia produtiva e consequente arrecadação de impostos para o município. Em decorrência dessa gestão, a visibilidade política e os consequentes relacionamentos institucionais, favorecem o reconhecimento da oferta empresarial do destino tanto no território nacional como fora do país.

“O momento é promissor advindo de uma transição ética e transparente da pasta, favorecido por andamentos estratégicos com efeitos a serem preservados e aprimorados, e coloca acima de tudo, o bem estar da população e o êxito dos empresários do setor.”, afirma o novo Secretário.

Em conversa com o Prefeito de Mateiros, o novo Secretário intencionou aplicar toda a experiência até aqui adquirida, mas, acima de tudo, ampliar cada vez mais o entendimento de políticas públicas de impacto positivo, as quais sejam possíveis aplicar e acrescentar na qualidade de vida do povo de Mateiros. Principalmente buscando através do turismo para que seja um propulsor direto e indireto da economia local, gerando emprego, renda e expectativas renovadas para a comunidade local.

 

“Quando pisei neste lugar atuando como consultor, pressenti que faria daqui meu lugar. Nesse sentido, sou imensamente grato ao Prefeito Pastor João por me dar condições de permanecer aqui. Farei jus,” ponderou Maicon Dimbarre.

Quem é

O novo Secretário, apesar de ser de Santa Catarina, se encantou pelo Tocantins e fixou residência no estado desde 2018 atuando em diversos projetos de turismo.

Com mais de 10 anos de experiência na área de turismo com atuação em agências de viagens, operadoras de turismo, consultorias e instrutorias no setor turístico, além de possuir empresa de consultoria no Tocantins. Ele é graduado em Turismo pela Unisul - Universidade do Sul de Santa Catarina com especialização pela NTA Internacional em Operação Turísticas, nos Estados Unidos. Pós-graduado em Marketing Digital e Negócios, Guia de Turismo Nacional pelo Senac Goiás e Condutor de Turismo.

Em sua trajetória profissional como consultor, Maicon atou em 25 municípios brasileiros nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Distrito Federal. Já contribuiu com mais de 500 empresários de turismo atendidos e conduziu mais de 1.000 participantes de treinamentos e palestras em todo o Brasil. Possui experiência internacional em turismo, fluente em inglês e espanhol, residiu nos Estados Unidos atuando no setor turístico.

 

Jornalistas em Turismo abraçam o Amazonas

Por Christina Hayne

A Associação Brasileira de Jornalistas em Turismo, Abrajet Pará, deu início ao movimento solidário de apoio ao combate à pandemia, e juntamente com a diretoria Regional Norte da Abrajet Nacional, por meio do evento “Abrace o Amazonas”, iniciam o trabalho de mobilização de jornalistas e artistas em favor (neste momento) ao estado vizinho.

Divulgação

A iniciativa aproximou à Abrajet Pará uma rede que integra voluntários, coletivos e organizações sem fins lucrativos no estado do Amazonas, que se uniram para concentrar doações aos sistemas de saúde pública e privada em Manaus, em função do caos que a população está vivendo por conta da velocidade do contágio do coronavírus e do aumento do número de casos de riscos moderado e graves da doença, que tensionou ao limite o sistema de saúde e por consequência a capacidade de atendimento à população.

Por ser a capital amazonense a cidade que reúne todos os leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTIs) no Amazonas, pacientes vítimas da Covid 19 estão sendo transferidos para outros estados, a exemplo de Goiás, Maranhão e Pará entre outros, por conta do esgotamento de oxigênio.

A realidade no estado do Amazonas deixa estados brasileiros e cidades fronteiras ao Amazonas em alerta, uma vez que o cenário confirma segunda onda que trouxe para o auge este processo pandêmico. Especialistas chamam atenção e lembram que o cenário do Amazonas, que resultou a chamada “segunda onda da pandemia”, se repetiu em todos os estados brasileiros por ocasião das aglomerações durante os pleitos eleitorais; das festas e confraternizações de fim de ano e do relaxamento quanto aos cuidados necessários ao distanciamento social, uma das poucas alternativas de prevenção para disseminação do vírus causador desta pandemia. Como resultado, crescimento do número de infectados e de mortes pela Covid-19.

Intitulada como SOS Amazonas, a força tarefa deste grupo de entidades não governamentais e profissionais diversos já conseguiu um montante de quase cinco milhões, que foram revertidos para aquisição de cilindros e concentradores de oxigênio para hospitais do Amazonas. A credibilidade do trabalho deste coletivo e a transparência quanto à destinação dos recursos chamaram atenção de personalidades e artistas nacionais que aderiram à mobilização solidária.

À Associação Brasileira de Jornalistas em Turismo do Pará e a Diretoria Regional Norte da Abrajet Nacional e seccionais abrajeteanas dos estados do Tocantins (TO), Sergipe (SE), Pernambuco (PE), Bahia (BA), Maranhão (MA), Acre (AC), Minas Gerais (MG) e São Paulo (SP) iniciaram o processo de mobilização e criaram o movimento “Jornalistas em Turismo abraçam o combate à pandemia”.

No momento, a meta é ampliar o apoio e ajuda às vítimas do coronavírus no estado amazonense, para tanto, jornalistas aproximaram-se da rede solidária de apoio “SOS Amazonas”.  

Além de contribuir com a divulgação a iniciativas de apoio à população amazonense, jornalistas abrajeteanos estão em construção de um leilão virtual, que, segundo o diretor da Regional Norte da Abrajet, João Ramid, reunirá obras de artes (seja fotografia, escultura, pintura etc) de artistas referências de diversos estados brasileiros.

O diretor da Regional Norte da Abrajet Nacional disse que o momento é de juntar forças e ser solidário. “Somos jornalistas, mas também somos artistas”, disse Ramid. Ele explicou que cada Abrajet vai identificar, buscar e firmar parceria com artistas conhecidos, que são referências nacionais, e possam doar obras de artes autorais para realização do leilão intitulado “Abrace o Amazonas”.

A arrecadação com a venda das obras de arte será direcionada para aquisição de oxigênio e EPIs por intermedio do movimento SOS Amazonas.

O evento que reunirá esforços de jornalistas e artistas em “Abrace o Amazonas” está em processo de construção. Seccionais abrajeteanas, que já informaram participação ao movimento solidário, já estão em campo e nesta próxima semana as Abrajets do Pará, Sergipe, Bahia, Pernambuco, Tocantins. Maranhão, Acre, Minas Gerais e outras que estão sendo contactadas estarão encaminhando nome dos artistas e respectivas obras de arte para que sejam incluídas na “Galeria Abrace o Amazonas”. 

Estados e cidades brasileiras devem ficar atentos ao que está acontecendo no Amazonas. Oriximiná, por exemplo, cidade do oeste paraense, próxima ao Amazonas, também se encontra em situação crítica e a falta de oxigênio e de insumos ligou o alerta do prefeito Willian Fonseca, que, preocupado com a situação, já acionou o governo federal e o governador do Pará, Hélder Barbalho. No município, o último registro confirmou 6.348 casos de Covid-19.

A campanha do SOS Amazonas começou no último dia 11,  e conforme declaração de Suellen Araújo, do Instituto Ágape, associação que atua com projetos para educação, empreendedorismo e ações emergenciais em situação de crise natural, “o olhar do mundo se voltou também para Manaus e a campanha do coletivo SOS Amazonas viralizou”. Os mais de 100 voluntários e entidades não governamentais já conseguiram adquirir 140 cilindros e 38 concentradores de oxigênio, que chegaram em Manaus no último dia 16.

Thiago Souto, da entidade “Salaada Solidária”, uma das entidades integrantes e sem fins lucrativos do movimento SOS Amazonas, disse que toda ajuda será muito bem vinda e agradeceu o interesse por parte de jornalistas especializados. “Temos a obrigação de nos unir contra esse combate”, disse Thiago.

Entre as entidades que integram o movimento SOS Amazonas, estão o “Instituto Ágape”, “Amor Caô”, “Salaada Solidária”, “Bora Ajudar”, projeto “Mais Amor”, projeto “Somar”, “Instituto Tchibun”, “Ong Moradia e Cidadania”, “Global Shapers” e o Grupo de Apoio Solidário.

Christina Hayne

Abrajet Pará- www.abrajetpara.com.br

abrajetpara@gmail.com

christinahayne@gmail.com

91 983343379

 

Serviço: Para doações ao SOS Amazonas ou solicite o PIX

*Instituto Ágape- suelenaraujo8@gmail.com

*Salaada Solidária – Thiago Souto / (92)981340832

*Projeto + Amor por Manaus / projetomaisamormanaus@gmail.com

Jéssica Guimarães

 

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Primeira tocantinense a ser vacinada contra Covid-19 é de Gurupi

A primeira pessoa no Tocantins a receber a dose da vacina contra a Covid-19 foi Edileuza Ferreira dos Santos, de 52 anos. Ela foi imunizada na noite desta segunda-feira (18), no Laboratório Central do Estado (Lacen), em Palmas, com a presença do Governador Mauro Carlesse, e da prefeita de Gurupi, Josi Nunes.

Fotos: Lino Vargas

Edileuza é enfermeira desde 1994 e trabalha no Hospital Regional de Gurupi. “É com muita satisfação que eu falo aqui que foi muito bom, muito gratificante e eu louvo ao meu Deus por isso. Eu estou muito feliz porque agora, recebendo essa imunização, eu vou poder trabalhar com mais vontade, com mais afinco e cuidar de outras vidas que ainda precisam do meu cuidado e ainda não foram vacinadas ainda”, declarou, emocionada.

O mesmo sentimento foi compartilhado pela técnica em Enfermagem do Hospital Geral de Palmas (HGP) Jocília Tito Barbosa, que optou em permanecer trabalhando na linha de frente de combate à Covid-19 desde o início da pandemia, mesmo fazendo parte do grupo de risco. “A sensação foi maravilhosa em saber que estamos iniciando uma campanha desse porte, que representa a esperança para os colegas e para a população. Essa data é histórica e temos que agradecer a Deus e aqueles que lutaram para que esse momento fosse concretizado”, disse. 

A terceira pessoa vacinada na solenidade foi José Arnaldo, 30 anos, da etnia Xerente, da Aldeia Funil, localizada em Tocantínia.

O governador Mauro Carlesse agradeceu a equipe da Secretária da Saúde e lembrou das dificuldades enfrentadas com o advento da pandemia e a luta junto ao Ministério da Saúde em busca de ajuda. “Esse dia representa fé e esperança. Graças a Deus hoje estamos podendo realizar esse dia histórico, que é motivo de muita felicidade, mas é importante lembrar que com a pandemia vieram a falta de oportunidade, o desemprego e a fome para muitas famílias, que nos obrigou a atender esse segmento da população com kits de alimentação”, disse o governador, lembrando que somente em 2020 foram distribuídas mais de 1 milhão de cestas básicas.

Plano de imunização

O Tocantins foi um dos primeiros estados a apresentar um Plano Estadual de Imunização contra a Covid-19. A Secretaria Estadual da Saúde já dispõe de estoque de seringas e da logística definida para agilizar a entrega das doses aos 139 municípios.

O secretário de Estado da Saúde, Edgar Tollini, explicou que as doses enviadas pelo Ministério da Saúde serão utilizadas na aplicação das primeira e segunda doses. Segundo ele, a expectativa é que os lotes sejam enviados em um curto espaço de tempo para atender novos grupos prioritários, provavelmente profissionais da educação, segurança e aqueles privados de liberdade.

O secretário ressaltou que as vacinas serão enviadas imediatamente para todos os municípios, sendo que o ente municipal será responsável pela aplicação do imunizante e pela escolha das pessoas dos grupos prioritários indicados pelo Ministério da Saúde. Para facilitar a logística, foram criados dois centros de distribuição, em Palmas e em Araguaína. “Cada município tem a responsabilidade por seus cidadãos e com as pessoas dos grupos prioritários”, frisou, ao adiantar que a expectativa é vacinar a maior parte da população tocantinense ainda neste semestre.

A CoronaVac foi desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, e está sendo produzida, no Brasil, pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O uso emergencial da vacina foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último domingo, 17. A agência também aprovou o uso emergencial da vacina de Oxford.

Do lote de seis milhões de vacinas Coronavac entregues ao Governo Federal pelo Instituto Butantan, coube ao Tocantins um total de 44 mil doses, sendo 29.840 destinadas à população em geral e 14.600 à população indígena.

Atualmente, o Tocantins contabiliza 310.318 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 96.589 casos confirmados. Destes, 85.427 pacientes estão recuperados, 9.846 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 1.316 pacientes foram a óbito.

Com informações da Secom Tocantins e Secom Gurupi

sábado, 16 de janeiro de 2021

Palmas adota medidas restritivas devido ao avanço do coronavírus.

Georgethe Pinheiro | Lucas Estêvão

Decreto entra em vigor a partir deste sábado, 16; ficaram de fora da normativa, postos de combustível, farmácias, supermercados, serviços de saúde e hotelaria, considerados essenciais

A Prefeitura de Palmas editou nesta sexta-feira, 15, o Decreto Nº 1.981/2020, publicado na Edição Nº 2.655 do Diário Oficial do Município (DOM) que estabelece o horário de funcionamento das atividades comerciais, limitando até as 23 horas, exceto para postos de combustível, farmácias, supermercados, serviços de saúde e hotelaria, considerados essenciais. O Decreto entra em vigor a partir deste sábado, 16.

Para a decisão pesaram a observação do crescimento de casos do novo coronavírus (Covid-19) na Capital, por meio da comparação dos Boletins Epidemiológicos Nº 288, de 1º de janeiro e o Nº 301, de 14 de janeiro, que apontou aumento expressivo da doença e ocupação de leitos hospitalares, tanto clínicos, quanto de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nos primeiros 14 dias deste ano de 2021.

Também continua mantida a suspensão por tempo indeterminado de autorizações para realização de shows e funcionamento de boates, conforme estabelecido pelo Decreto 1.856, de 14 de Março de 2020. Outra decisão retomada é a vedação para o consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos e em estacionamentos de distribuidoras e conveniências.

O cumprimento deste decreto será fiscalizado pelas Secretarias de Desenvolvimento Urbano e Serviços Regionais (Sedusr), por meio da Diretoria de Fiscalização Urbana e da Saúde (Semus), via Vigilância Sanitária (Visa), com apoio da Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu). O Decreto Nº 1.981/2020 prevê ainda que caso seja necessário, o município poderá solicitar reforço das forças de segurança do Estado, para fazer cumprir as determinações.

Já o desrespeito às normativas poderá resultar penalidades administrativas, cíveis e criminais, conforme a gravidade da desobediência, podendo inclusive ocorrer à cassação do alvará, em hipótese de descumprimento.

 

MTur inicia pesquisa sobre retomada de viagens no país

Objetivo é conhecer a percepção de segurança e a intenção de viajar dos brasileiros e, a partir das informações, elaborar políticas públicas de suporte 

O Ministério do Turismo vai ouvir os consumidores brasileiros para avaliar a retomada de viagens no país. A Pasta inicia, nesta quarta-feira (14.01), a Pesquisa de Sondagem ao Consumidor que tem o objetivo de conhecer e analisar a opinião do público quanto à expectativa de realizar viagens a lazer nos próximos meses e à percepção de segurança dos viajantes em um cenário de pandemia. Os resultados devem ser divulgados a partir de março deste ano.

O questionário é totalmente anônimo e leva apenas dois minutos para ser respondido. Clique AQUI para responder a pesquisa do MTur.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, explica que as informações vão servir de base para a tomada de decisão do setor turístico e para subsidiar a formulação de políticas públicas visando o desenvolvimento do turismo brasileiro.

“Que a retomada do turismo está a todo vapor, nós já sabemos. Agora precisamos ouvir a sociedade, entender as necessidades do público para podermos planejar as próximas ações de forma assertiva”, explica o ministro. “Essa pesquisa é mais uma iniciativa do Ministério do Turismo que vai auxiliar na retomada do turismo e no reaquecimento da economia”, conclui.

A pesquisa será realizada pela Coordenação-Geral de Dados e Informações (CGDI), área integrante da Secretaria Executiva do Ministério do Turismo, e se somará às sondagens já realizadas junto aos empresários do setor hoteleiro e de agências de viagens. (Clique aqui para conhecer as pesquisas realizadas pelo MTur)

SELO TURISMO RESPONSÁVEL – A fim de proporcionar mais segurança a turistas e trabalhadores do setor de turismo durante a retomada, o Ministério do Turismo lançou o Selo Turismo Responsável, que estabelece protocolos específicos para a prevenção da Covid-19 para 15 segmentos do setor. Até agora, mais de 24 mil empreendimentos e guias de turismo se comprometeram a entregar uma experiência segura aos turistas e aderiram ao selo. Clique AQUI e conheça os estabelecimentos que possuem o selo do MTur.

RETOMADA DO TURISMO – “Viaje com Responsabilidade e Redescubra o Brasil” é o slogan da campanha publicitária que busca acelerar a retomada das atividades turísticas em todo o país, de forma responsável e segura. Com uma série de vídeos voltados à promoção dos destinos turísticos brasileiros em cada estado e DF, a campanha integra a aliança pela Retomada do Turismo, lançada em novembro do ano passado. O movimento reúne 32 instituições do poder público, iniciativa privada, terceiro setor e Sistema S.

Para saber mais sobre a retomada acesse AQUI.

 

 Reforma administrativa, agenda com prefeitos e ação em prol de famílias afetadas pela pandemia marcam a semana do governador Carlesse

Vania Machado

 

Governador também buscou fortalecer alianças entre Estado, municípios e parlamentares


Governador Mauro Carlesse assegura continuidade de entrega de cestas básicas para famílias afetadas pela pandemia da Covid-19 – Foto: Antônio Gonçalves/Governo do Tocantins

 

A semana do governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, foi marcada pelo início da reforma administrativa com a renovação de titulares de pastas importantes, além de visitas de deputados federais, representante do Ministério da Economia e novos prefeitos eleitos.

 

Ao dar posse aos novos gestores, o governador Mauro Carlesse destacou que a reforma administrativa em andamento se trata de uma medida importante para aperfeiçoar a gestão estadual. "Temos o melhor time de gestores para compor nossa administração, esses nomes foram escolhidos pelo talento e pela capacidade técnica para fazer parte do nosso Governo. Esses novos gestores têm uma missão pela frente, que é buscar a melhoria constante dos serviços prestados à sociedade tocantinense", destacou o governador.

 

Os novos gestores empossados na última terça-feira, 12, foram: Miyuki Hyashida, na Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh); e Paulo Lima, que assumiu a presidência da Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec). Outros nomes já faziam parte da Gestão Estadual e foram remanejados para outras pastas da Administração Estadual: Renato Jaime, que estava na Semarh e agora passou a ocupar a presidência do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins); Sebastião Albuquerque, ex-presidente do Naturatins e agora titular da Chefia de Gabinete do Governador; e Divino Allan, efetivado como secretário-chefe da Governadoria.

 

Novos prefeitos

 

Durante a semana, o governador Mauro Carlesse recebeu sete prefeitos eleitos e reafirmou o compromisso de trabalhar em sintonia com os gestores municipais, demonstrando o caráter municipalista da sua gestão. A reunião teve como objetivos estabelecer os primeiros contatos com o Governo do Tocantins e projetar futuras parcerias em benefício das comunidades locais.

 

Participaram da audiência os prefeitos de Alvorada, Paulo Antônio; de Ananás, Valdemar Nepunoceno; de Araguaína, Wagner Rodrigues Barros; de Muricilândia, Alessandro Borges; de Pequizeiro, Jocélio Nobre; de Xambioá, Patrícia Evelin; e de Filadélfia, Davi Bento.  

 

Na quarta, 13, o governador Mauro Carlesse recebeu uma comitiva de Paraíso, formada pelo prefeito e a vice-prefeita, Celso Moraes e Raquel Ogawa, e o diretor da Plena Alimentos, Wesley Lopes. O objetivo foi tratar de algumas demandas do setor de frigoríficos no município e em todo Tocantins, além de discutir possíveis parcerias entre a prefeitura e Estado.

 

Reeduca Tocantins

 

No lançamento do programa Reeduca Tocantins, o governador Mauro Carlesse destacou que o programa é uma marca importante da Gestão Estadual na reinserção da comunidade carcerária e que garante melhorias estruturais para as escolas no Estado.

 

O Reeduca Tocantins é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Cidadania e Justiça (Seciju) e a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), que autoriza a utilização da mão de obra de reeducandos do sistema prisional para a realização de reparos e reformas em escolas estaduais.

 

Ainda durante o lançamento do programa, o governador Mauro Carlesse também promoveu a entrega de um ônibus-cela 100% equipado para o transporte seguro de reeducandos.

 

Custo Brasil

 

Na última quarta, 13, o governador Mauro Carlesse recebeu a visita institucional do secretário de Ambiente de Negócios e Competitividade do Ministério da Economia, Jorge Luiz de Lima, acompanhado do presidente da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), Roberto Pires. 

 

Como a pauta da reunião era debater formas de apoio para viabilização de projetos estruturantes no Tocantins, o Governador fez uma apresentação de obras importantes para o Estado, solicitando apoio do Governo Federal, com o propósito de viabilizar recursos necessários ao desenvolvimento do Tocantins.

“Estou encantado com o Tocantins, tivemos boas reuniões e nossa missão é reduzir o Custo Brasil”, pontuou o secretário do Ministério da Economia, Jorge Luiz Lima.

 

Visita institucional

 

No início da semana, o Governador recebeu a visita institucional do deputado federal Arthur Lira, do Progressista de Alagoas, acompanhado do deputado federal Carlos Gaguim e de uma comitiva de parlamentares.

 

O deputado Arthur Lira ressaltou a importância do fortalecimento das bancadas dos menores estados e se colocou à disposição do Governador para ajudar nas pautas de interesse do Tocantins em Brasília.

 

Seringas, Cestas Básicas e Concurso para Oficiais da PM

 

Nesta sexta-feira, 15, o governador Mauro Carlesse conferiu o estoque de seringas para vacinação contra a Covid-19 no Centro de Distribuição da Secretaria de Estado da Saúde (SES), visitou o local onde estão armazenadas as cestas básicas que serão entregues a cerca de 20 mil famílias em 42 municípios do Estado, em ação emergencial, e autorizou o início dos trabalhos para realização do concurso público para o provimento de 30 vagas para o Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Polícia Militar do Tocantins (PM/TO).