Sebrae maio 1

Sebrae maio 1
Consultores

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

O Jalapão está entre os três melhores destinos do Brasil

O Jalapão ficou no top 3 do Prêmio Melhores Destinos Brasil 2019, promovido pelo site melhoresdestinos.com.br entre seus leitores


Dunas do Jalapão. Foto: Ênio Carvalho

A cidade de Lençóis foi a grande vencedora do Prêmio Melhores Destinos 2019 na categoria de destinos nacionais de viagem! Os resultados foram computados com base em votos de mais de 25 mil leitores, considerando viagens realizadas por eles neste ano ou no ano passado.

Lençóis (BA) desbancou Gramado (RS), que ganhou o prêmio do ano passado, e assumiu o primeiro lugar como o melhor destino nacional de viagem! A cidade ficou com nota 9,10 na média que avaliou também custo-benefício, atrações, gastronomia, receptividade e segurança. Ainda assim Gramado continuou no ranking, ficando com o segundo lugar com 8,74 na média. A terceira posição ficou com o Jalapão, outro paraíso brasileiro, com 8,68 de média. (Fonte: melhoresdestinos.com.br)

Melhores destinos Brasil 2019




quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Sebrae promove exposição da nova coleção “Artesanato do Tocantins”

As peças estarão disponíveis das 10 às 22 horas desta quarta-feira,30, no Palmas Shopping


A nova coleção “Artesanato do Tocantins” está sendo apresentada ao público desde ontem, terça-feira, 29, no hall de exposições do Palmas Shopping. A exposição conta com 100 peças confeccionadas em capim dourado, buriti, madeira, babaçu e tecelagem com representações da iconografia do estado.

A mostra de novas peças do artesanato tocantinense é gratuita e segue até este dia 30 de outubro das 10 às 22 horas. O material foi produzido em cinco unidades produtivas do estado: Dianópolis, Gurupi, Natividade, Porto Nacional e São Felix do Tocantins.

Para a coordenadora estadual do artesanato do Sebrae Tocantins, Celina Soares, exposições como esta tem o objetivo de desenvolver a cadeia produtiva e introduzir artesãos e seus produtos no mercado, além de divulgar e valorizar o artesanato em seu aspecto cultural e de expressão popular.

“Com esta ação, o Sebrae Tocantins ajuda a despertar nas comunidades o entendimento e aplicação de ferramentas de desenvolvimento, como o associativismo e cooperativismo, inovação, tecnologia, gestão empresarial e ações mercadológicas, tornando visível economicamente a atividade artesanal e mudando a vida dos artesãos tocantinenses”, explicou a diretora técnica do Sebrae Tocantins, Eliana Castro. (Fonte: Ascom Sebrae)


quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Taquaruçu receberá eventos de música e artes plásticas neste fim de semana

Seleucia Fontes

Última edição da Sexta Cultura e Festival de Arte e Cultura Pierre de Freitas serão realizados na Praça Joaquim Maracaípe.

Elba Ramalho é a principal atração do Festival Pierre de Freitas- Divulgação

Taquaruçu será palco para de uma extensa programação cultural entre sexta e domingo, dias 25, 26 e 27 de outubro. O distrito, localizado a 30 km do centro de Palmas, foi escolhido para receber a última edição da temporada 2019 do projeto Sexta Cultural e também a primeira edição do Festival de Arte e Cultura Pierre de Freitas. Os eventos ocorrerão na Praça Joaquim Maracaípe e serão abertos ao público.

Sexta Cultural

Sucesso de público na Praça dos Girassóis, no centro da Capital, em sua primeira temporada o projeto reuniu mais de 30 artistas ao longo de seis edições. O encerramento contará com a participação de três veteranos da música tocantinense: Chiquinho Chocolate, Lucimar e Mara Rita, e ainda dois representantes da nova geração, Veridiana Barreto e Matheus Mancine.

Já as intervenções artísticas que caíram no gosto do público, em especial das crianças, ficarão a cargo do grupo Trupe Açu.

Assim como nas edições anteriores, o público também poderá saborear diversos pratos e bebidas nas barracas de alimentação e food trucks, além de adquirir peças artesanais.

Festival Pierre de Freitas


No sábado e no domingo, também na principal praça de Taquaruçu, será realizada uma homenagem ao artista plástico, professor, produtor cultural e tatuador Pierre de Freitas, que faleceu em janeiro de 2017 deixando sua marca como um dos principais nomes das artes plásticas do Tocantins.

Pierre acreditava que era possível mudar o mundo por meio das artes, e seguindo esta mesma premissa, nos dois dias haverá oficina infantil de pintura desenvolvida pelo Instituto Wanderlei, sempre a partir das 15 horas. A noite de sábado, a partir das 19 horas, será animada pelo DJ Rafael Guirole e por apresentações do Circo Os Kaco e a cantora Nasha Moretto.

Ainda na noite de sábado haverá grande show com a cantora paraibana Elba Ramalho, a partir das 22 horas. A artista, que é reconhecida como um dos maiores nomes da música brasileira e referência entre os artistas nordestinos esteve várias vezes na Capital tocantinense, sendo sua última apresentação em 2013, nas comemorações pelo aniversário do Estado.

O projeto Sexta Cultural e o Festival de Arte e Cultura Pierre de Freitas são realizados pelo Instituto Cidadania Amazônia, com apoio do Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), via emenda parlamentar da deputada estadual Claudia Lelis.

“É uma grande alegria receber a cantora Elba Ramalho em um show que presta homenagem a este grande artista que foi Pierre de Freitas”, comemora o presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra. “Graças a esta parceria entre o setor privado e o poder público e à sensibilidade da deputada Claudia Lelis estamos conseguindo realizar dois importantes eventos voltados para a formação de plateia e a valorização dos nossos artistas locais”, completa, lembrando que o fomento a economia criativa será um dos grandes legados da gestão Mauro Carlesse. (Fonte: Adetuc)


Governo do Estado cumpre em Brasília agenda voltada ao desenvolvimento do turismo

Seleucia Fontes

Com o objetivo de buscar parcerias para o desenvolvimento e a difusão do turismo no Estado do Tocantins, comitiva encabeçada pelo governador Mauro Carlesse e o presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra, esteve em Brasília nesta quarta, 23, para participar de uma série de encontros no Ministério do Turismo (MTur), no Senado Federal, e ainda com empresários.
Reunião com representantes do setor aéreo, turismo e prefeitos - Adetuc/divulgação
No gabinete da senadora Kátia Abreu, a reunião tratou da apresentação do Plano Anual do Turismo, encabeçado pela senadora, e também de solicitação de apoio, por meio de liberação de emenda parlamentar ao projeto de criação da Polícia Turística, que será integrada por policiais militares equipados com veículos com tração integral para atuarem no Jalapão, Cantão e outras regiões turísticas do Estado. “A senadora se comprometeu em fazer o repasse dessas emendas, para que sejam viabilizados esses veículos e outros equipamentos necessários à operação da polícia a partir do ano que vem”, pontua Tom Lyra.
Polícia Turística foi um dos temas da reunião com a senadora Kátia Abreu - Adetuc/divulgação
Na sede do Ministério do Turismo (MTur), os gestores tocantinense foram recebidos pelo ministro Marcelo Álvaro Antônio e o chefe de gabinete Hercy Aires Filho, e a pavimentação do Jalapão foi um dos temas em debate. Ainda no MTur ocorreu  encontro com o secretário de Turismo de Pernambuco, Rodrigo Novaes, o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, o fundador da CVC, maior empresa de turismo da América Latina, Guilherme Paulus, entre outros.
No MTur, a partir da esq.: Guilherme Paulus, Rodrigo Novaes, governador Mauro Carlesse, Tom Lyra e Hercy Aires Filho - Adetuc/divulgação
Tom Lyra apresentou os dados estatísticos do crescimento do turismo no Tocantins e enfatizou a importância das operadoras na atração de visitantes ao Estado, enquanto o governador Mauro Carlesse convidou o representante da CVC para conhecer o Jalapão. “O Governador, ao convidar o empresário Guilherme Paulus para conhecer o Tocantins demonstra sua preocupação no sentido de implementar e fortalecer o fluxo de turistas e com isso gerar oportunidades de emprego e renda, que é o objetivo final do nosso trabalho”, explica Tom Lyra.
Intercâmbios
O presidente da Adetuc aproveitou o encontro para reforçar junto ao secretário Rodrigo Novaes a proposta de intercâmbio entre os estados do Tocantins e Pernambuco, discutida no mês de julho, durante voo inaugural da empresa Azul ligando os dois estados sem escalas.
Da mesma forma, os presidentes das pastas turísticas do Tocantins e de Goiás se comprometeram a conhecer os atrativos de cada estado, visando a prospecção de novos negócios e a divulgação turística. “Somos estados vizinhos e temos muitas possibilidades de aproveitamento”, disse Tom Lyra, lembrando que já há projetos individuais de operadores de turismo envolvendo visitação ao Jalapão e à Chapada dos Veadeiros, bem como de vivências em comunidades quilombolas localizadas na divisa entre os dois estados.
Aviação
A viabilidade de instalação de rotas aéreas pela empresa TWO Flex no Tocantins foi tema de encontro com o presidente da empresa, Rui Aquino. A TWO opera com aviões de pequeno porte, com até nove passageiros, tipo Caravan, e atua em estados como Rio Grande do Sul, Ceará, São Paulo e Mato Grosso, onde mantém parceria com a Gol e a Latam, abastecendo os grandes aeroportos com passageiros do interior através de voos sub-regionais. O encontro contou com a participação dos prefeitos de Araguaína, Ronaldo Dimas, e Gurupi, Laurez Moreira, que seriam duas das cidades beneficiadas pela parceria, além de São Félix, no Jalapão.
Os deputados federais Tiago Dimas e Carlos Gaguim, o secretário da Fazenda do Tocantins, Sandro Henrique Armando, o diretor da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), Eduardo Bernardo, a representante do Ministério do Turismo, Thais Amaral, o diretor de Relações Institucionais da Associação Brasileira das Empresas Áereas (Abear), Airton Pereira, e os diretores da Esaero, empresa que administra o aeroporto de Araguaína, Antônio Mesquita e Liz Martins também participaram do encontro.
Segundo Rui Aquino, a operação seria possível com a redução do Imposto sobre Circulação em Mercadorias e Serviço (ICMS) do combustível para aviação, medida que já beneficia empresas aéreas de grande porte, medida que será avaliada pelo Governador. Também seriam necessários ajustes técnicos e administrativos nos aeroportos.
Caso a parceria se concretize, outros municípios seriam atendidos em um segundo momento, como Araguatins e Dianópolis, no Tocantins, além de Balsas (MA) e Redenção (PA).
“A operação de voos regionais será um grande avanço para o Estado, pois promoverá aumento significativo das operações comerciais e turísticas nas cidades a serem atendidas, assim como seu entorno”, comemorou Tom Lyra. (Fonte: Adetuc)

Bolsonaro anuncia isenção de visto para chineses fazerem turismo ou negócios no Brasil

Assim como ocorreu como já ocorreu com Estados Unidos, Japão, Austrália e Canadá, a medida não terá reciprocidade. O presidente pretende estender a isenção a indianos

O presidente visita a Muralha da China, uma das maiores atrações turísticas do país. Isac Nóbrega/PR.

O anúncio da isenção de visto para chineses em viagem de turismo ou negócios ao Brasil foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira, em Pequim. O presidente disse que não tem estimativa do incremento do turismo para o Brasil, mas citou encontro com o presidente de Cabo Verde, onde o turismo representa 25% do PIB do país, como exemplo de como o setor pode ser incrementado.

Das 149 milhões de viagens realizadas por eles ao exterior no ano passado, apenas 70 mil tinham como destino o Brasil. Em 2018, os turistas chineses gastaram US$ 130 bilhões no exterior.
Na manhã desta quinta-feira, 24, o presidente Jair Bolsonaro participou do Seminário Empresarial 45 anos construindo laços bilaterais, dirigido a empresários brasileiros e chineses. À tarde, no Grande Palácio do Povo, estão previstos encontros com o presidente Xi Jinping, com o primeiro ministro Li Kegiang e com o presidente da Assembleia Nacional Popular, Li Zhanshu, bem como uma cerimônia de atos bilaterais. À noite está previsto um jantar a ser oferecido pelo presidente Xi Jinping em homenagem ao presidente brasileiro.
Em seus encontros, os presidentes deverão revisar os principais aspectos da agenda bilateral, inclusive o processo de atualização do Plano Decenal de Cooperação (2012/2021) e de modernização da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação (Cosban), o principal mecanismo de coordenação e acompanhamento das relações entre os dois países. (Fonte: Agência Brasil/EBC)

terça-feira, 22 de outubro de 2019

Membros do Fórum Estadual do Turismo se reúnem para discutir ações do setor

Wladimir Machado

Na reunião, foram apresentados aos membros do colegiado os informes e o balanço das ações desenvolvidas pelo órgão.

A reunião foi conduzida pelo presidente da Adetuc e do Foestur, Tom Lyra. Wladimir Machado / Governo do Tocantins

Os membros do Fórum Estadual do Turismo (Foestur) participaram da 77ª reunião ordinária, realizada nesta terça-feira, 22, na sede da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc). No encontro, foi aprovada a Ata da 76ª reunião ordinária, além da apresentação dos informes e o balanço das ações desenvolvidas pelo órgão. A reunião foi conduzida pelo presidente da Adetuc e do Foestur, Tom Lyra.

Segundo o presidente da Adetuc, o Foestur é de fundamental importância para que as entidades ligadas ao turismo interajam com o governo no sentido de melhorar, qualificar e desenvolver toda cadeia do turismo do Tocantins
“O colegiado reúne representantes do trade turístico, colaborando com sugestões e ideias para o desenvolvimento de projetos que contribuem para fortalecer e desenvolver o turismo, gerando emprego e renda para sociedade, conforme preconiza o governador Mauro Carlesse”, frisou Lyra.

As representantes do consórcio que ganhou a licitação para realizar a elaboração do Observatório do Turismo do Tocantins, Judith Muntal e Ana Rivas, apresentaram aos membros do colegiado as etapas e metodologias do trabalho. A iniciativa será realizada por três empresas espanholas que integram o consórcio (Iber-Geo, Meridiano Zero e MCRIT) e com equipe local.

O consórcio fará consultoria para levantamento de informações estatísticas e elaboração de plataformas tecnológicas voltadas ao monitoramento das atividades turísticas. Para isso, a Iber-Geo, empresa líder da consultoria, vai realizar capacitações da equipe técnica para fornecer dados de todos os segmentos turísticos do Tocantins, na intenção de alimentar o observatório turístico.

De acordo com a superintende de Desenvolvimento Turismo da Adetuc, Maria Antônia Valadares, o projeto Observatório do Turismo do Tocantins é executado com recursos do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado (PDRIS), por meio da elaboração e consolidação das estratégias de gestão pública do turismo estadual.

Na ocasião, a superintende do Turismo também apresentou aos membros do Foestur os projetos estratégicos de ações de qualificações referentes ao turismo de base comunitária, pesca esportiva e observação de aves, que estão em execução e são viabilizados por meio do Acordo de Empréstimo do PDRIS, firmado entre o Governo do Estado do Tocantins e o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD).

Avaliação

A reunião foi concluída com apresentação dos resultados, por meio de relatórios estáticos, da participação do Estado em eventos ligados ao setor, a exemplo da 47ª ABAV Expo Internacional de Turismo e o 52º Encontro Comercial Braztoa, que ocorreram em São Paulo entre os dias 25 e 27 de setembro. Outros resultados apresentados foram referentes ao Rally dos Sertões e aos Jogos Indígenas da Ilha do Bananal, na Aldeia Fontoura (Karajá), além da Pesquisa da Festa da Colheita, Dunas e Cachoeira da Velha, e do Festival Gastronômico de Arraias, promovido pela Universidade Federal do Tocantins (UFT) campus Arraias.

Foestur

O Fórum é um órgão colegiado, de caráter consultivo, com a finalidade de sugerir diretrizes para o desenvolvimento turístico. Tem por objetivo atuar, contribuir e acompanhar a definição de políticas públicas e iniciativas que promovam o fortalecimento sustentável da cadeia produtiva do turismo no Tocantins.
Participantes

Participaram da reunião os representantes da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih), Associação Brasileira dos Jornalistas de Turismo (Abrajet), Agência Municipal de Turismo de Palmas (Agetur), Associação Brasileira Bacharéis de Turismo (ABBTUR), Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV), Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo (ABBTUR), Associação de Bares e Restaurantes (Abrasel), Caixa Econômica, Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO)

E ainda, técnicos da Adetuc, além do Serviço Social do Comércio (Sesc), Sebrae, Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) e representante do Fórum Regional das Serras Gerais e do Fórum Regional de Encantos do Jalapão, Serras e Lagos. (Fonte: Ascom/Adetuc)

Embratur acompanha presidente Bolsonaro no Japão e Oriente em busca de investimentos

Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), com foco na melhoria da infraestrutura do país, será ofertado a parceiros estrangeiros

Divulgação

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Gilson Machado Neto, desembarcaram nesta segunda-feira (21) em Tóquio, no Japão. O Governo Federal fará passará por cinco países no Oriente (Japão, China, Arábia Saudita, Emirados Árabes e Catar) em busca de investimentos para o Brasil e estreitar relações com governos estrangeiros.

Segundo o Palácio do Planalto, a agenda no Japão contemplará a cerimônia de apresentação do novo imperador japonês Nahurito e a divulgação de agendas econômicas para ampliar as relações comerciais.

“O mercado asiático é importantíssimo para o Brasil, por seu potencial de investimento e, no caso da Embratur, pelo seu alto número de turistas. Estamos aqui acompanhando o presidente Bolsonaro para manter nosso setor atualizado das principais decisões políticas e econômicas envolvendo o nosso país”, destacou Gilson Machado.

O Governo apresentará uma série de possibilidade de concessões durante as viagens, previstas no Programa de Parceiras de Investimentos (PPI). Ele conta com ativos na área de infraestrutura, como ferrovias, portos, aeroportos, rodovias e exploração de óleo e gás.

“É um compromisso nosso lutar pela melhoria do país em diversas áreas, que vão da violência à infraestrutura. São temas que refletem diretamente na imagem do país no exterior e que possui grande influência em nossa demanda turística”, concluiu Gilson.

A agenda do Governo em Tóquio prevê, até o dia 23, encontro com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, com empresários locais e membros da comunidade brasileira. (Fonte: Ascom/Embratur)

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Urubici-SC recebe Congresso da Abrajet

Por Sérgio Moreira
A Cascata Véu de Noiva fica no caminho do Morro da Igreja, dentro de uma área particular. A lindeza tem 62 metros de quedas e suas águas deslizam suavemente pelas rochas até chegar à piscina que se forma no final da queda.
Fotos: Divulgação
A charmosa cidade de Urubici, na Serra Catarinense, vai ser sede do 36º Congresso Nacional da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo. O encontro com profissionais da imprensa de várias do Brasil acontecerá de 27 de novembro a 01 de dezembro.
O Congresso Brasileiro é o principal evento da Abrajet Nacional. É a segunda vez consecutiva que Santa Catarina sedia o evento. No ano passado aconteceu em Florianópolis, no Costão do Santinho, e reuniu jornalistas de vários estados brasileiros.
“Santa Catarina é um estado muito acolhedor, mas as pessoas, na sua maioria, conhece o nosso litoral. Queremos, a partir desse congresso, reunir os jornalistas especializados em turismo no Planalto Serrano. Vamos surpreende-los com o que há de especial na Serra Catarinense. Não tenho dúvidas de que vão se apaixonar com a charmosa e propulsora cidade Urubici e o potencial da nossa serra”, comenta o presidente da Abrajet Nacional, Evandro Novak.
Segundo o presidente da Abrajet, a ideia é promover uma experiência aos jornalistas, que vá da gastronomia ao potencial turístico, da aventura aos vinhos de altitudes, do lazer à experiência de uma variado atrativo com cachoeiras e passeios. O prefeito Antônio Zilli, que tem despertado cada vez mais o município para o potencial turístico, acertou em sediar o Congresso da Abrajet.
A Pedra Furada é uma escultura natural em forma de janela, com aproximadamente 30 metros de circunferência
Urubici é um município do estado de Santa Catarina distante 169 km da capital, Florianópolis. Em 2010 a população estimada era de 10,702 habitantes. Possui uma área de 1019,1 km2. No cume do Morro da Igreja (1.822 metros), o ponto mais alto do sul do Brasil, localizado no município, foi registrada extraoficialmente a temperatura mais baixa do país: -17,8ºC, em 29 de junho de 1996. Urubici também é conhecida pelas suas diversas belezas naturais, estando incluída no Caminho das Neves.
Localizada no Vale do Rio Canoas, Urubici, a Terra das Hortaliças, é o maior produtor de hortifrutigranjeiros de Santa Catarina. Também se destaca pelo cultivo da maçã, especialmente com a variedade gala. Outro aspecto importante é o cultivo de erva-mate, produto básico do tradicional chimarrão, e apreciado nos países do Mercosul. Com paisagens muitas vezes comparadas à Europa, Urubici está situada no ponto mais elevado de Santa Catarina, possuindo inúmeras cascatas. Um exemplo é a Cascata do Avencal, com água despencando em queda-livre a mais de 100 metros de altura.
Outro local de destaque é o Morro da Igreja, com 1.822 metros de altitude, que permite enxergar todo o Litoral Sul Catarinense. Nesse morro, encontra-se a Pedra Furada, uma escultura natural em forma de janela. Outros atrativos turísticos são as inscrições rupestres dos tempos das cavernas, a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes e a Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe dos Homens.
Centro da cidade
Por marcar a história de várias civilizações, Urubici exibe, até hoje, passagem de seus primeiros habitantes. São sinais registrados em pedras há pelo menos 40 séculos, comparável às inscrições encontradas em alguns outros pontos do litoral catarinense. Segundo historiadores, o ano de 1711 é a data base para Urubici, quando Dom João V ordena que os jesuítas procurem minas e catequizem índios até o rio Caçadores. Com essa missão, os padres José Mascarenhas e Luis de Albuquerque traçam marcos na região – marcos do Maranhão até Laguna, considerada “região do ouro”. O primeiro marco foi colocado no Morro Pelado (comando indígena), o segundo no Moro da Mala (onde moravam os padres) e o terceiro no Morro do Panelão (onde ficavam as tropas que carregariam o ouro). Conta-se que grande porção de ouro foi enterrada nas rochas pelos jesuítas. Os índios, na maioria tupi-guarani, foram catequizados em grupos e já eram remanescentes de outras regiões.
Conta-se que existem mapas em originais e cópias, nunca vistos em Urubici, que registravam um pinheiral espantoso, um “mar de pinheiros”, e, em outras regiões, não em todas, alguns banhados, com sumidouros de animais e pessoas não orientadas. Alguns índios já conheciam missionários e orientavam os jesuítas pelas andanças. Padre Luis relata que, ao fincar uma grande cruz dia 1º de março, ela mergulho no pântano mais de um metro, sem nenhuma força. Em cada marco, foi plantada uma cruz jesuítica, com ramos amarrados na altura de Cristo. Nos anais do livro 12 Jesuítas no Estado de Santa Catarina (Biblioteca dos Jesuítas do Rio de Janeiro), além desse relatório, existe o seguinte:
“Os jesuítas (que na opinião de muitos eram homens comuns com vestes de padres) levavam pessoas em cargueiros para acamparem e ficarem acampados nas regiões por onde andavam. No planalto, acampavam doze homens com cavalos, fora os dois padres que comandavam as pesquisas. Balaios cheios de artefatos indígenas era levados continuamente de volta à missão no Morro do Pelado de onde eram levados para o Rio. Com eles, ia um bugreiro, Samuel Kupll, que preparava o chão da missão e fazia o marco; Manuel Sampaio que era cuidador de tropas, os guapos que a cavalo iam pela região, como Liro Santo, Caetano Matoso e outros”.
O município era habitado por índios xodengues quando os primeiros colonizadores de origem europeia, vindos de Tubarão, São Joaquim e Bom Jesus chegaram na região. Os novos habitantes logo expulsaram os índios, cujos vestígios ainda podem ser encontrados as inscrições rupestres espalhadas por todo o território. De 1903 a 1911, imigrantes agricultores e madeireiros fixam-se na região.
Em 1924, sabendo da fertilidade no solo do vale do rio Canoas, chegaram à região imigrantes italianos, alemães e letões, que tornaram a agricultura e pecuária as principais atividades econômicas da região.
As montanhas da Serra Catarinense, região com altitudes próximas a 1.800 metros, registram as temperaturas mais baixas do Brasil. Foram os fazendeiros da região que criaram o turismo rural, adaptando suas fazendas centenárias para receberem hóspedes.
A Serra Catarinense é a região mais fria do Brasil, sendo o único lugar do país onde neva todos os anos, mesmo que por poucos dias, durante o inverno. A paisagem de araucárias, campos e taipas (muros de pedra basalto) cobre-se inteiramente de branco e até as águas das cachoeiras podem congelar. A Cascata do Avenal, um ponto turístico da cidade, possui queda de água de cem metros, é bastante utilizada para a prátia do rapel. Fazendas centenárias, a cultura gaúcha, a culinária campeira, cavalgadas, complementam o cenário da natureza agreste da Serra Catarinense.
Acesso pelas rodovia SC-430, ligando o município à rodovia BR-282 em Bom Retiro. Pelo sul, há a SC-430, dando acesso a São Joaquim e Bom Jardim da Serra. Ao leste, a SC-439 desce a serra chegando ao município de Grão-Pará, ligação com a BR-101 em Tubarão. A oeste, SC-439 levando ao município de Rio Rufino.
Festuris lança aplicativo para agendamento de reuniões
O Festuris Gramado (RS) acaba de lançar o App Buyers Club Festuris, disponível gratuitamente para Android e iOs. A plataforma permite o agendamento de reuniões para otimizar o tempo durante a feira.

O evento acontecerá de 7 a 10 de novembro no Serra Park, da Serra Gaúcha. Entre os destaques, haverá espaço para o segmento de casamentos, luxo, Mice e Turismo |LGBT. https://www.festurisgramado.com
Serra Park possui uma reserva ecológica com dois lagos e uma vista panorâmica de 360º em um dos pontos mais altos da cidade
A infra-estrutura é composta por 28.000 m2 de área coberta para exposição de feiras, congressos e convenções, estacionamento externo, dois restaurantes e uma lanchonete e coffee shop, central telefônica, sanitários e sala VIP para reuniões de negócios. O local recebe o Festuris.
Feriados prolongados vão dobrar em 2020 e chegarão a nove datas
Ao contrário deste ano, que teve apenas cinco datas comemorativas, o próximo contará com quase o dobro de feriados emendáveis em nível nacional. Isso quer dizer que não contamos aqueles feriados de âmbito estadual e municipal.
Estão previstas no calendário nacional nove datas em que o dia de folga cai às segundas, terças, quintas ou sextas-feiras. São elas:
Carnaval: 24 de fevereiro, segunda-feira
Paixão de Cristo: 10 de abril, sexta-feira
Tiradentes: 21 de abril, terça-feira
Dia do Trabalho: 1º de maio, sexta-feira
Corpus Christi: 11 de junho, quinta-feira
Independência do Brasil: 07 de setembro, segunda-feira
Nossa Senhora Aparecida: 12 de outubro, segunda-feira
Finados: 02 de novembro, segunda-feira
Natal: 25 de dezembro, sexta-feira
Haverá ainda dois feriados sem possibilidade de emenda: Dia 1º de janeiro, que cairá na quarta-feira e o feriado em comemoração à Proclamação da República, em 15 de novembro, que acontecerá num domingo.
Coluna Minas Turismo Gerais jornalista Sérgio Moreira  informações para sergio51moreira@bol.com.br

terça-feira, 15 de outubro de 2019

Prefeitura e Sebrae realizam Oficina Participativa de Elaboração dos Planos de Turismo

A segunda parte da Oficina Participativa para a construção do Plano de Desenvolvimento Territorial do Turismo, que norteará as ações do setor nos próximos 10 anos, teve início na noite dessa segunda-feira, 14, na sede do Conselho Deliberativo do Sebrae.

Encontro teve início na noite dessa segunda-feira, 14, na sede do Conselho Deliberativo do Sebrae. Divulgação Agtur

O Plano, que trará uma análise de diagnóstico de oferta somado a diretrizes estratégicas para o fomento ao setor, é uma iniciativa do Sebrae Tocantins, em parceria com a Prefeitura de Palmas, por meio da Agência Municipal de Turismo (Agtur), dentro do Projeto de Estruturação Turística de Taquaruçu.

Durante o encontro foram apresentados os técnicos que estarão à frente da construção do documento, os primeiros resultados obtidos na primeira oficina participativa, que aconteceu no mês passado, para a aprovação dos presentes, tais como infográfico do turismo da Capital, com indicadores dos bares e restaurantes, hospedagens e aeroportos, missão e visão, que nortearão as ações do projeto.

O Plano de Desenvolvimento Territorial do Turismo é um instrumento de planejamento que tem o objetivo de orientar o crescimento do setor no Município, estabelecendo as bases para a definição de ações, as prioridades e a tomada de decisão. É um documento técnico de gestão, coordenação e condução das decisões da política turística e de apoio ao setor privado, de modo a direcionar os investimentos e melhorar a capacidade empresarial e o acesso ao mercado.

O técnico da Diretoria de Estruturação Turística da Agtur, James Possap, ressalta a importância da participação do trade turístico na realização do plano, para o fortalecimento do Destino Palmas. “Esse momento do plano é importante e o trabalho foi feito dentro do projeto de Taquaruçu, com as empresas que operam no Jalapão, para incluir Taquaruçu no roteiro. Agora chegou a hora de amarrar todo o destino Palmas, em todas as suas versões, Taquaruçu, praias e lago, centro em um produto único”, ressaltou Possap.

Para a consultora de Desenvolvimento Turístico da empresa que coordenará a construção do Plano, Vanessa Leal, é importante não apenas a expertise da empresa que já possui experiência em construção de plano em destinos turísticos consolidados, como o de Pirenópolis (GO). “Cada novo trabalho é um desafio e a participação de todos é importante para um Plano que realmente represente o anseio da cidade. Temos que nos conectar com quem faz o turismo acontecer em Palmas”, finalizou

Para o presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav-TO), Marcelo Perim, é importante essa discussão para ouvir os anseios do trade turístico para o melhor planejamento do turismo na cidade. “A Abav vê com muito bons olhos esse tipo de ação, o governo precisa fazer constantemente o trabalho de planejamento e organização, com o foco no desenvolvimento da sociedade como um todo”

Oficinas

Os trabalhos continuam nesta terça-feira, 15, e as oficinas irão realizar uma análise Swot das ações direcionadas ao Meio Ambiente e Cultura, e levantamento de valores. Esta é a primeira ação efetiva do Plano, que tem data prevista para ser entregue em dezembro. (Fonte: Secom Palmas)