Sebrae maio 1

Sebrae maio 1
Consultores

quinta-feira, 29 de julho de 2021

Turismo brasileiro perdeu R$ 376,6 bilhões desde o início da pandemia

Sérgio Moreira


As atividades turísticas já somam um prejuízo de R$ 376,6 bilhões desde o agravamento da pandemia do novo coronavírus no País, em março de 2020, até maio deste ano, calcula a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

O setor chegou a maio de 2021 operando com aproximadamente 52,6% da sua capacidade mensal de geração de receitas.

“O setor de turismo está com um faturamento em torno de R$ 22 bilhões por mês, quando era para estar faturando cerca de R$ 40 bilhões num mês normal, que era o que costumava movimentar no pré-pandemia. Ainda está muito ocioso, especialmente no segmento de hotelaria”, justificou o economista Fabio Bentes, responsável pelo levantamento da CNC.

Em maio deste ano, os serviços turísticos operavam 34,7% abaixo do nível de fevereiro de 2020, no pré-covid.

“Acho que a recuperação mesmo fica para o final de 2022 e início de 2023”, previu Bentes, sobre o retorno do setor ao nível pré-pandemia. “Estamos esperando um crescimento de 17,8% no turismo em 2021, mas no ano passado caiu 36,6%. A vacinação vai avançar, mas não tanto a ponto de voltar tudo à normalidade no fim deste ano, embora alguns governos tenham ensaiado um movimento de reativar Réveillon e Carnaval. Os serviços não conseguem repor em um ano tudo o que foi levado pela pandemia”, completou.


Mais da metade do prejuízo acumulado pelo turismo até agora ficou concentrado nos estados de São Paulo (R$ 152,1 bilhões) e Rio de Janeiro (R$ 45,9 bilhões).

O agregado especial de atividades turísticas cresceu 18,2% em maio ante abril, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgados nesta terça-feira, 13, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado representa a segunda taxa positiva consecutiva, período em que acumulou um ganho de 23,3%, após uma queda de 26,5% em março, “mês em que houve mais limitações ao funcionamento de estabelecimentos considerados não essenciais”, justificou o IBGE.

O segmento ainda precisa crescer 53,1% para retornar ao nível de fevereiro de 2020, no pré-covid.

COPA E TAP ampliam frequências no Aeroporto Internacional de BH

O aumento da demanda fez com que as companhias aéreas internacionais TAP e Copa ampliassem a frequência de voos no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte. Desde o último domingo (18), a Copa passou a operar aos domingos, segundas-feiras e quintas-feiras. Já a TAP, programou a ampliação para agosto, com voos aos sábados, domingos e quintas-feiras.

“Nosso intuito é manter a conectividade com os demais aeroportos pelo mundo, sempre com a máxima segurança para passageiros, visitantes e comunidade aeroportuária nesses tempos de pandemia do coronavírus. A expectativa é de abertura das fronteiras e aumento da movimentação de passageiros internacionais. Além disso, com a autorização do governo americano também esperamos dar início às operações da Eastern Airlines”, ressalta Clayton Begido, gestor de Conectividade e Aviação da BH Airport.  ​​

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte também segue atuando para fortalecer seus negócios perante o mundo e neste mês, associou-se à Câmara Portuguesa de Minas Gerais uma parceria que fomenta as relações comerciais com o país europeu.   "Este é mais um importante passo que damos rumo à efetivação de nossa presença na Europa, que faz parte da estratégia de ampliarmos nossa rede de relacionamentos qualificados visando a atração de negócios para o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte e para o Estado de Minas Gerais." Aponta Vinícius Silva, Coordenador de Inteligência de Mercado 


A parceria é um passo importante em direção à internacionalização dos negócios e da consolidação do aeroporto como um hub logístico que conecta o Brasil ao mundo. Além da Câmara de Portugal, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte também possui parcerias com as Câmaras da Índia, Itália e China.

 

Faturamento pré-pandemia no 1º semestre

 

Diante dos efeitos da pandemia ainda complicando a vida do setor de turismo, um total de 67% das operadoras de turismo do Brasil registraram no primeiro semestre deste ano um faturamento de até 25% do que costumava ser antes da pandemia. Os números foram divulgados na terça-feira (20) pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa).

Segundo dados do Boletim Mensal Braztoa, apenas 11% das empresas que responderam ao questionamento (72% das associadas) disseram que estão faturando o equivalente ou mais do que no período pré-pandemia. Os questionamentos foram respondidos entre o dia primeiro e nove de julho.

O mês de junho demonstra uma melhora. Um total de 52% dos entrevistados apontou que o seu faturamento equivale até 25% do que costumava ser em igual mês de 2019. Outros 11% destacaram ter faturado entre 26% e 50% do que costumava ser antes da pandemia e 11% já sinalizaram crescimento.

A pesquisa mostrou um cenário de retomada para o negócio. Dos entrevistados, 30% disseram esperar ter o mesmo volume médio de faturamento no primeiro semestre de 2022. Na outra ponta, 4% disse não esperar retomar os mesmos níveis de faturamento de antes.

Connection Experience

Dois dias intensos com muito conteúdo, networking e jornada de experiências. Conexões com palestrantes internacionais e cases brasileiros estarão no palco central do Connection Experience, em Canela (RS). O evento acontece de forma híbrida de 9 a 10 de setembro, exclusivo para 250 pessoas de forma presencial, em que será oportunizado visitas técnicas em pontos turísticos da cidade. Há a possibilidade do participante adquirir acesso on-line apenas para as palestras.

Registro do evento no ano passado

No eixo Natureza, Diversidade e Turismo a palestrante será Ana Báez, da Costa Rica. Ela é presidente e consultora sênior da Turismo & Conservación Consultores S.A e apontará o potencial turístico do país. A Costa Rica tem mais de 100 áreas de preservação ambiental, 35 parques nacionais e oito reservas biológicas. E ainda, os 112 vulcões do país destacam-se como alguns dos principais atrativos turísticos da região. Por conta desses fatores, a Costa Rica é considerada um dos melhores destinos para quem procura contato com a natureza. 

Para fazer uma conexão com o Brasil, Pablo Morbis, CEO do Grupo Cataratas, apresentará a atuação fortíssima do grupo no setor de negócios turísticos em Unidades de Conservação, e que atuam em diferentes e importantes parques nacionais brasileiros. Os atrativos que o grupo administra são Cataratas do Iguaçu, Paineiras do Corcovado, AquaRio, BioParque do Rio, Marco das Três Fronteiras, EcoNoronha e AquaFoz. Dentre os assuntos, a visão do mercado, da operação, da experiência e do alinhamento com critérios de sustentabilidade serão apresentados aos participantes.

No eixo Turismo Gastronômico: Originalidade e Premiunização, a palestrante será da Itália, Maria Elena Rossi, que atua na Divisão de Promoção de Marketing e Gestão da Agência Nacional de Turismo. A conexão será feita com o chef Daniel Paiva, graduado em Gastronomia com formação em Portugal e Itália, além de atuar em consultorias e na docência. Nos últimos anos, a gastronomia tem aderido a um movimento que ganha força em diferentes contextos: as experiências. Mais do que apenas servir comida, hoje, trabalhar com gastronomia é pensar em formas de impactar positivamente o cliente, levando em conta sentidos diferentes. 

A Itália é referência mundial em gastronomia, tem bases fortes na identidade cultural e territorial, sendo berço de movimentos importantes e grandiosos globalmente, como o Slow Food (comida lenta para experienciar). O país detém inúmeras e diversificadas indicações geográficas e denominações de origem controladas.  Suas fortes ligações com o Brasil, pela história da imigração, formam vínculos com o país, o que torna sempre oportuno o intercâmbio, em especial na Serra Gaúcha, cuja cultura alimentar expressa a força das origens de seus imigrantes.   

No painel Turismo Rural: experiências autênticas e o mercado 4.0, o gaúcho Renato Fernandes, presidente do Instituto Brasileiro de Olivicultura (Ibraoliva) e proprietário da primeira Pousada Olival na Rota das Oliveiras no Rio Grande do Sul, vai explanar exemplos que se consolidam como referência no assunto. A Vila do Segredo nasceu com o intuito de deixar um legado para as gerações futuras, e veio ao encontro da nova fronteira agrícola, a Olivicultura.

Para debater sobre o Turismo do Vinho e a Experiência Enogastronômica, a palestrante será Dalma Diaz, cofundadora da Gastronomy Patagônia, do Chile. O país é um destino que se destaca pela diversidade de seu território que faz ser uma importante referência na produção vitivinícola no mundo. Os férteis vales situados entre a cordilheira e o mar no Chile são cenários ideais para o cultivo de uvas que dão vida a alguns dos melhores vinhos do mundo.

A conexão com o Brasil será com o palestrante Eduardo Bassetti, proprietário da Vinícola Villaggio Bassetti, em São Joaquim, Santa Catarina. O Estado conquistou um espaço merecido na produção de vinhos finos de qualidade tendo a recente Indicação Geográfica dos Vinhos de Altitude junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial - INPI. Esse potencial surgiu a partir de uvas selecionadas e vinhedos localizados entre 900 e 1.400 metros acima do nível do mar, que garantem um alto padrão de produção. No Connection Experience você vai conhecer a Rota dos Vinhos de Altitude, que reúne belas paisagens catarinenses e uma produção rica e variada.

O participante que adquirir o pacote presencial por apenas R$499,99, terá acesso a todas as palestras, networking de qualidade garantido e jornada de experiências, simplesmente, pelos melhores pontos turísticos de Canela que envolvem Natureza, Gastronomia e Turismo Rural. 

Garfo e Bombacha (palestras); Pé na Cascata Explorer;Vitivinícola Jolimont;Parque Terra Mágica Florybal;Alpen Park e Skyglass

O Connection Experience acontece de 9 a 10 de setembro - no mês em que se comemora a Revolução Farroupilha para os gaúchos. Essa será mais uma experiência vivida, já que as palestras ocorrerão no Garfo e Bombacha - espaço temático referência na gastronomia cultural e possui um acervo que conta parte da história do povo gaúcho. O evento é apresentado pela Prefeitura de Canela, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura, conta com o patrocínio de Sicredi e Garfo e Bombacha, a transportadora terrestre oficial é a Brocker Turismo e apoio da Vitivinícola Jolimont. Mais informações e toda a programação do Connection Experience você encontra no site www.festurisgramado.com/connection. 

Coluna Minas Turismo Gerais jornalista Sérgio Moreira  informações sergio51moreira@bol.com.br

 













quarta-feira, 28 de julho de 2021

Projeto de aeroporto no Jalapão está concluído. Governo do Estado autoriza repasse de recursos para construção

Aeroporto será construído em São Felix do Tocantins; obras estão orçadas em R$ 31.076.888

Projeto do Aeroporto de São Félix do Tocantins; obra será iniciada nos próximos meses – Crédito: Governo do Tocantins

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, assinou nesta quarta-feira, 28, o contrato de repasse de recursos para a construção do aeroporto de São Félix do Tocantins, na região do Jalapão. O aeroporto é considerado estratégico pelo Governador e está avaliado em mais de R$ 31 milhões.

As obras do aeroporto estão orçadas em R$ 31.076.888, sendo R$ 21.526.889 oriundos de contrapartida do Governo do Estado e R$ 9,5 milhões provenientes de emenda parlamentar do deputado federal Carlos Gaguim.  

De acordo com a secretária de Estado da Infraestrutura e presidente da Agência Tocantinense de Transportes de Obras (Ageto), Juliana Passarin, o projeto para construção do aeroporto já está concluído e a expectativa é de iniciar a obra ainda nos próximos meses.

O governador Mauro Carlesse afirmou que a assinatura do contrato é um importante passo para tornar realidade o aeroporto de São Félix, considerado por ele estratégico para impulsionar a indústria do turismo em toda a região. 

“A implantação da infraestrutura de transporte no Jalapão é vital para incrementar o turismo na região do Jalapão. O turista quer infraestrutura para ter acesso à região com segurança e esse aeroporto vai dar um importante suporte e ajudar a incrementar o setor do turismo no nosso Jalapão”, frisou.

Rodovia

Além do aeroporto, o Governo do Tocantins também já está com as obras de implantação do asfalto da rodovia TO-247, que liga a cidade de Lagoa do Tocantins a São Félix, bem adiantadas. Esta primeira etapa de pavimentação beneficiará 50 km da rodovia. Com a conclusão das obras, a TO-247 será mais uma opção de acesso aos atrativos do Jalapão, além das rodovias TO-030, TO-110 e TO-255.

Governo do Tocantins inicia aplicação de capa asfáltica em rodovia de acesso ao Jalapão

O acesso à rodovia é feito pelo município de Santa Tereza do Tocantins. De lá até Lagoa do Tocantins, a pista já é pavimentada. A rota para o Jalapão por esse caminho, depois de pavimentado, deve facilitar o acesso e encurtar o tempo de viagem para turistas e moradores da região. “É isso que precisamos, encurtar distancias e facilitar o acesso dos turistas ao nosso principal roteiro turístico”, reforçou o Governador.

Participaram do ato os secretários de Estado, Sandro Henrique, da Fazenda; Segislei Silva de Moura, do Planejamento; Juliana Passarim; e o secretário-chefe do Gabinete do Governador, Sebastião Albuquerque.

Fonte: Governo do Tocantins

 

 

 

terça-feira, 27 de julho de 2021

Adetuc e Energisa fecham parceria para impulsionar projetos culturais

Reunião entre os parceiros pautou incentivos financeiros do Grupo Energisa para execuções de ações na cultura e investimentos com foco no turismo.

Recursos disponibilizados pela Energisa auxiliarão na execução de projetos culturais. Foto: Henrique Lopes / Governo do Tocantins

Com foco em conjugar esforços para impulsionar projetos ligados à cultura, comunidades tradicionais e artesanato em todo o estado do Tocantins, o presidente da Adetuc, Jairo Mariano, recebeu na sexta-feira, 23, o diretor de Relações Institucionais da Energisa, Alan Kardec Moreira e o analista de Eficiência Energética, Domingos Júnior.

Durante a reunião, os técnicos da Energisa abordaram sobre a destinação de aportes financeiros que podem ser utilizados para execução de projetos e a criação unificada de programas institucionais que visam fortalecer a cultura do Estado.

 “Temos muitos interesses e total disposição em colaborar com o Governo do Estado, por meio da Adetuc, para implantar ações que irão ampliar o apoio à classe cultural. A Energisa quer ser uma das empresas protagonistas de incentivos culturais no Tocantins e esta união com a Adetuc permitirá diversos benefícios tanto na cultura, como no turismo”, ressaltou o Alan Kardec ao dizer que o papel da Energisa é ser uma empresa catalisadora para buscar outras parceiras que invistam na cultura e turismo local. 

O presidente da Adetuc, Jairo Mariano, evidenciou a importância das parcerias e destacou que os projetos que visam a disseminação da cultura tocantinense tendem a ser fortalecidos com o apoio de instituições como a Energisa. “Para nós do Governo do Estado é muito importante, pois com os recursos que serão adicionados iremos expandir nossas ações junto às comunidades e toda a classe cultural. Hoje, a Energisa está presente em todo o Estado, pode ter a sua atuação ampliada com esse suporte e colaborar diretamente para essa transformação da cultura tocantinense”, completou.

Ainda durante a reunião, o presidente da Adetuc falou sobre a necessidade de aumento da capacidade energética das regiões turísticas tocantinenses e a ampliação do atendimento da Energisa aos novos empreendimentos na região turística Encantos do Jalapão.

 

Projeto do Sebrae fortalecerá potencial turístico e econômico de Almas

Empresários de diversos segmentos participarão de palestras, oficinas e consultorias

O Sebrae iniciou o Projeto Avante Almas, com palestra show realizada pelo consultor Paulo Bonfim, na noite de quinta-feira, 22. O encontro reuniu empresários, moradores e contou com a presença do prefeito da cidade, Wagner Nepomuceno. O distanciamento e os protocolos de prevenção à Covid-19 foram seguidos, rigorosamente, para manter a segurança de todos.

Até novembro deste ano, o projeto vai realizar 10 capacitações com palestras, oficinas e consultorias. A iniciativa foi uma solicitação da Prefeitura de Almas ao Sebrae, que, enxergando o potencial turístico e econômico do município, viu a necessidade de qualificação da classe empresarial.

Os temas que serão trabalhados no Avante Almas atenderão profissionais dos mais diversos segmentos, como bares, restaurantes, hotelarias, mercados e estabelecimentos de materiais de construção.

Para a gerente do Sebrae, Fabíola Wolney, o lançamento do Avante Almas foi um sucesso e vai potencializar vários setores locais. “Destacamos a participação do público, que se mostrou muito interessado e com altas perspectivas para os negócios. Neste primeiro encontro, também pontuamos a relevância do turismo na região das Serras Gerais para o desenvolvimento econômico do trade”, ressaltou.

O prefeito de Almas destacou a importância da atuação do Sebrae no município. “Sabemos do nosso potencial econômico e, com o apoio do Sebrae, temos certeza do impacto positivo que o programa trará para os pequenos negócios da nossa cidade”, afirmou Wagner Nepomuceno.

O mestre em Educação e consultor do Sebrae, Paulo Bonfim, analisou o cenário socioeconômico e pontuou o que poderá ser feito para alcançar bons resultados. “Almas está recebendo uma nova mineradora. Então, há uma necessidade de ir para cima, de atender esses novos clientes. E isso, só é possível com motivação e profissionalismo. Neste momento, é importante se qualificar, para proporcionar ao cliente não só um produto, mas uma experiência”, explicou. 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins

 

Jovem profissional será reconhecido pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo

Profissionais com até 25 anos, que atuam em veículos de imprensa, podem disputar com trabalhos de áudio, texto, vídeo ou foto


Uma novidade do 8º Prêmio Sebrae de Jornalismo (PSJ) é o reconhecimento à nova geração do jornalistas. Estudantes da área ou recém-formados com até 25 anos poderão inscrever suas matérias no prêmio especial de Jornalista Revelação. A única condição é que o profissional tenha seu trabalho publicado em um veículo de imprensa.

A premiação para essa categoria é um notebook de última geração, com configurações de alta performance, para contribuir com a carreira do profissional vencedor. No prêmio especial de Jornalista Revelação, cada profissional poderá inscrever 1 (um) trabalho, considerando um dos meios abaixo:

Texto - conteúdos jornalísticos publicados em veículos impressos, portais ou sites de notícias.

Áudio - conteúdos jornalísticos veiculados em emissoras de rádio ou podcasts publicados em plataformas de streaming.

Vídeo - conteúdos jornalísticos veiculados em canais de televisão ou vídeos publicados em plataformas digitais de vídeo.

Foto - foto ou sequência de fotos publicadas em veículos impressos ou em sites de empresas jornalísticas.

A inscrição pode ser feita de forma rápida e fácil pelo site www.premiosebraejornalismo.com.br. A 8ª edição tem como tema central “A importância da micro e pequena empresa para o enfrentamento da pandemia”.

O PSJ premiará matérias que melhor abordem esse tema, considerando outros aspectos relacionados ao universo dos pequenos negócios no Brasil, como: empreendedorismo, produtividade e competitividade, inovação e startups, inclusão produtiva e sustentabilidade, transformação digital, políticas públicas e legislação, acesso a crédito.

A escolha do Jornalista Revelação será feita a partir da avaliação dos materiais pela comissão julgadora da Etapa Nacional do PSJ. Vão concorrer ao prêmio os jornalistas inscritos de todo o Brasil. O Prêmio Sebrae de Jornalismo contemplará também 4 (quatro) categorias: Jornalismo em Texto, Jornalismo em Áudio, Jornalismo em Vídeo e Fotojornalismo.

Além do Grande Prêmio Sebrae de Jornalismo, que será concedido para o melhor conteúdo entre todas as premiadas nessas categorias. Para mais informações, acesse o regulamento e acompanhe as novidades pela Agência Sebrae de Notícias Tocantins.

Sobre o prêmio

Considerada a maior premiação do segmento, o Prêmio Sebrae de Jornalismo (PSJ) foi lançado em 2007 e teve sua primeira edição realizada em 2008. É um concurso jornalístico instituído pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), que se tornou referência no fomento do jornalismo empreendedor no Brasil.

Nesta 8ª edição, o PSJ moderniza a estrutura da premiação e modifica suas categorias. Também cria um prêmio especial para reconhecer um jovem profissional da imprensa brasileira com o título de Jornalista Revelação. 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sebrae

 

segunda-feira, 26 de julho de 2021

Inscrições para curso gratuito em atrativos naturais para guias de turismo seguem até 5 de agosto

Profissionais que atuam nas regiões Norte e Centro-Oeste terão até o dia 5 de agosto para pleitear uma das 170 vagas disponíveis


MTur promove curso sobre atrativos naturais para guias de turismo das regiões Norte e Centro-Oeste. Crédito: Luiz Pires

Guias de turismo que atuam nas regiões Norte e Centro-Oeste têmmais uma oportunidade para se qualificarem em um curso gratuito promovido pelo Ministério do Turismo. 

Os profissionais regulares no Cadastro de Prestadores de Serviços Turístico do MTur (Cadastur) e habilitados como “Guia Regional” nos estados de uma dessas duas regiões podem se inscrever, até o dia 5 de agosto, no curso de especialização técnica em atrativos naturais, ofertado em parceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Clique AQUI para se inscrever.

 

A capacitação conta com 170 vagas remanescentes e será ministrada ao longo de seis meses e meio, no período de 12 de agosto de 2021 a 26 de fevereiro de 2022. O curso possui carga horária de 200h, sendo 160h de aulas teóricas na modalidade de ensino a distância e 40h de aulas práticas. 

O conteúdo aborda aspectos e conceitos relacionados ao turismo de natureza, ecologia, sociobiodiversidade e educação ambiental, além de apresentar aos cursistas as possibilidades de operacionalização junto à atividade turística.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, reforça a importância da qualificação para os trabalhadores do setor e para os turistas. “Não percam esta oportunidade de capacitação gratuita e de qualidade. Profissionais especializados possuem um diferencial no mercado de trabalho, principalmente em atrativos naturais, que é uma tendência do turismo no pós-pandemia. Essa é a hora de se preparar para uma retomada intensa do nosso setor”, destacou o ministro.

Fonte: Ascom Ministério do Turismo

 

sábado, 24 de julho de 2021

Iniciada ciclovia alternativa que liga Palmas a Taquaruçu

Obra está prevista para ser entregue em até 25 dias 

Fotos: Zezinha Carvalho/Governo do Tocantins



Vice-governador destacou que, agora, os ciclistas poderão praticar seu esporte com segurança


Os ciclistas de Palmas poderão utilizar uma rota mais segura e ecológica para ir até Taquaruçu por meio da TO-020. A obra da "ciclovia off road", que terá 9 km de extensão, foi lançada na manhã de sexta-feira, 23, pelo vice-governador do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa, e será executada diretamente pela Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto). A previsão de conclusão da 

 

Durante o lançamento, o vice-governador Wanderlei Barbosa enfatizou que o valor da obra supera o monetário. "Nós sabemos da importância desse benefício, talvez o valor dessa obra não os investimentos em dinheiro, pois o valor que isso gera, para os ciclistas e para a prática desse esporte, é inestimável. Agora, os ciclistas poderão fazer seus passeios sem ter que disputar com os carros, correndo risco de morte e isso é o que mais importa para a nossa gestão", afirmou.


O vice-governador salientou ainda que o desejo do Governo do Tocantins é levar ciclovias para todos os municípios que mantêm a prática do ciclismo. 


A secretária de Estado da Infraestrutura, Cidades e Habitação e presidente da Ageto, Juliana Passarin, destacou outros investimentos feitos pelo Estado voltados ao benefício dos ciclistas. "Uma obra que já é realidade para os ciclistas é a NS-15 que, além da ciclovia, tem também calçada para os pedestres. Entregamos também a iluminação da ponte que liga Palmas a Paraíso, outra rota importante para os ciclistas. Isso prova que os investimentos não param em todo o Estado e nós estamos trabalhando, e trabalhando muito, para levar uma melhor qualidade de vida a toda população tocantinense", finalizou.  


Presente no lançamento, o presidente da Associação Tocantinense de Ciclismo, Diogo Freitas, agradeceu à Gestão Estadual pelo empenho na pauta. "É muito gratificante ver o empenho do Governo do Tocantins em garantir a segurança para a prática do ciclismo no nosso Estado. Nós só temos a agradecer", enfatizou. 

 


O vice-presidente da Federação Tocantinense de Triathlon, Sérgio Henrique, destacou que os atletas agradecem pela realização da obra


Praticante do ciclismo há pelo menos 20 anos e também vice-presidente da Federação Tocantinense de Triathlon, Sérgio Henrique, destacou que, agora, os atletas poderão praticar seu esporte com a certeza de que voltaram vivos para casa. "Assim como eu, pelo menos 300 pessoas sobem a Serra aos sábados e esse é um sonho que está sendo realizado, promovendo a segurança dos nossos ciclistas e também fomentando a economia do Distrito, pois os ciclistas são também consumidores. Com certeza, é uma obra que beneficiará muita gente", afirmou.


Próximas obras


A rota alternativa para Taquaruçu faz parte de um pacote de obras que ainda serão realizadas no trecho. "Já iniciamos a licitação para instalação da iluminação do trecho que liga Palmas a Taquaralto e também iniciamos o projeto que visa construir a ciclovia de Taquaralto até Taquaruçu, que também é uma demanda antiga dos ciclistas e da população da região", informou a secretária Juliana Passarin. 


Presenças


Estiveram presentes no lançamento também o deputado estadual Léo Barbosa, a deputada Claudia Lelis e o ex-deputado Marcelo Lelis. 


Fonte: Governo do Tocantins 

 

 

 

Governo do Maranhão licitará em agosto estudo para construção da ponte entre Filadélfia e Carolina

O governador do Maranhão, Flávio Dino, confirmou em entrevista coletiva no Palácio Araguaia na quinta-feira, 22, que já no mês de agosto licitará a contratação da empresa que fará os estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental (EVITEA) para construção da ponte entre Filadélfia e Carolina. Em seguida, ainda em agosto, será licitado o projeto de engenharia.


As assinaturas para construção da ponte Filadélfia/Carolina foram a primeira ação oficial do Projeto de Integração Geopolítica Interestadual TO/MA - Crédito: Tharson Lopes/Governo do Tocantins

"Nós pactuamos hoje que caberá ao Governo do Maranhão fazer o estudo técnico econômico, ambiental, e o projeto de engenharia, as etapas fundamentais para o processo de licitação da obra. Nós vamos proceder com esta licitação já agora no mês de agosto. Em seguida, iremos partir para a construção dessa importante obra para a integração”, informou.

Para o governador Mauro Carlesse, a ponte entre os municípios de Filadélfia e Carolina é um projeto do presente, mas também para o futuro. “Estamos pensando daqui a 20, 30 anos. Temos que pensar lá na frente. O presente nós estamos vivendo, e o futuro, nós temos que nos organizar. Temos grandes potenciais que precisam ter direcionamento e é isso que queremos, ambos os Estados trabalhando juntos para tirar as pessoas do risco de pobreza”, destacou. 

O prefeito de Carolina (MA), Erivelton Teixeira, que esteve no evento, destacou que a ponte é um sonho da população carolinense. “Será um elo entre os dois estados que há anos vêm sonhando com essa ponte. Desde que nós iniciamos nosso mandato em 2017, levantamos essa bandeira. Estive em Brasília, com alguns deputados e senadores tocantinenses, e estamos lutando para realizar esse sonho da ponte. Isso vai ter um grande avanço para o sul do Maranhão, vai fortalecer nosso comércio e transporte local”, declarou.

A nova ponte ligando o Tocantins ao Maranhão deve ter uma extensão de 1.800 metros e se constitui como um importante canal para escoação da produção agrícola da região e desenvolvimento do trade turístico. 

Da redação, com informações do Governo do Tocantins

 

sexta-feira, 23 de julho de 2021

Jalapão é escolhido para implantação de empreendimento holístico internacional

Empresa Surya Brasil investe no Jalapão com empreendimento que integrará a experiência turística e o contato com a natureza, com uma vivência de crescimento espiritual e autoconhecimento.

Fotos: Flávio Cavalera - Governo do Tocantins

A proposta para o empreendimento foi apresentada na manhã desta quinta-feira, 22, ao presidente Adetu), Jairo Mariano

Um dos melhores e mais procurados destinos do Brasil para os amantes do ecoturismo, o Jalapão é um dos locais escolhidos pela empresária Clélia Angelon, fundadora da Surya Brasil, para a implantação de novo empreendimento, que será lançado internacionalmente, com polos em

Acompanhada da sua equipe técnica e dos arquitetos que projetaram o novo empreendimento, a empresária, que já atua em países da América, Europa, Ásia e África, ressaltou a importância da integração do turismo à vivência que permite melhorar a qualidade de vida de quem procura o Jalapão.

Além da implantação de uma sede da emrpesa holística no Jalapão, a líder no segmento de cosméticos naturais, orgânicos e veganos, pretende produzir produtos cosméticos veganos, a partir de matéria prima local.

O empreendimento, que será implantado na cidade de Ponte Alta do Tocantins, localizada a 107 km de Palmas, visa permitir uma integração entre a experiência de visitar o Jalapão e o contato com a natureza, com uma vivência de crescimento espiritual e autoconhecimento.

“Nosso objetivo é transformar essa experiência de visitar o Jalapão em algo de equilíbrio, que irá conectar tanto a alimentação, as experiências de consumo consciente e sustentável, de forma que o turista possa sentir a natureza a todos os benefícios desse contato feito em equilíbrio”, frisou a empresária que também é Presidente do Instituto Clélia Angelon, seguindo o tripé: Direitos Animais, Direitos Humanos e Preservação do Meio Ambiente.

Para o presidente da Adetuc, Jairo Mariano, a escolha do Jalapão para um projeto internacional, como o que será executado pela Surya Brasil, demonstra a relevância da região turística para os roteiros internacionais e a abertura de mercados que atendem públicos cada vez mais específicos. “Muitos dos nossos turistas possuem filosofias de vida holística, vegana, dentre outras e buscam, ao viajar ao Tocantins, por essa proximidade com a natureza como algo que vai elevar o seu crescimento enquanto ser humano. Empresas que projetam fazer com que os roteiros sejam vividos de forma a trazer um relaxamento e uma conexão com si mesmo e com o mundo ao turista, tem ganhado destaque e ampliando essa busca pelo turismo de qualidade de vida”, ressaltou ao mencionar que o Governo do Estado, através do Governador Mauro Carlesse, tem buscado incentivar a implantação de novos investimentos em todas as regiões turísticas do Tocantins.

Ainda de acordo com Jairo Mariano, um dos grandes potenciais do Turismo e qualidade de vida no estado do Tocantins são as inúmeras possibilidades de fazer com que o viajante dos grandes centros possa desacelerar e se conectar com profundidade as experiências propostas em roteiros que podem ser personalizados e realizados durante todo o ano.

A empresa

Marca brasileira fundada em 1995 presente em mais de 40 países, a Surya Brasil já recebeu inúmeros prêmios internacionais de excelência cosmética pela qualidade dos seus produtos e sua responsabilidade social.

Certificada como empresa Vegana desde 2006, a Surya Brasil conta também com os certificados Cruelty-Free, Leaping Bunny, Vegan e Ecocert mantendo em sua essência os cuidados da beleza de forma mais natural e sustentável.

Desde 1997 nos EUA, é a primeira indústria brasileira de cosméticos a estar presente nas principais gôndolas de todo território americano, como: Whole Foods, The Vitamin Shoppe, Sprouts etc.

Seus produtos são mais naturais e veganos, não causam impactos nocivos à saúde ou ao meio ambiente e combinam a natureza com a tecnologia e a filosofia Ayurveda.

Fonte: Governo do Tcoantins

 

quinta-feira, 22 de julho de 2021

Turismo é um dos pilares do projeto de integração entre Tocantins e Maranhão

Seleucia Fontes

Consolidação de parceria no desenvolvimento do setor foi uma das pautas discutidas entre os gestores dos dois estados.

Reunião entre as equipes de governo do Tocantins e Maranhão - Flávio Cavalera - Governo do Tocantins

A ligação entre Tocantins e Maranhão é profunda. Envolve movimentos migratórios centenários e recentes, com forte influência na gastronomia, cultura e economia tocantinense. O turismo surge neste aspecto como importante condutor entre os dois estados. De um lado, registra considerável fluxo de visitantes, sendo as regiões turísticas do Bico do Papagaio e Vale dos Grandes Rios muito apreciadas pelos maranhenses. Por outro, a facilidade de acesso à Chapada das Mesas é um grande atrativo para os turistas tocantinenses, sem contar as viagens familiares.

Convidada pelo governador do Tocantins, Mauro Carlesse, e capitaneada pelo governador Flávio Dino, a presença da comitiva maranhense no Palácio Araguaia, ao longo desta quinta, 22, confirmou a intenção de estabelecer uma forte parceria entre os dois estados também no fortalecimento do desenvolvimento do turismo regional, a partir da formatação de roteiros integrando os estados vizinhos. “O turismo interno vive uma janela de oportunidade”, ressaltou Dino, em referência ao impacto da pandemia de Covid-19 nas viagens internacionais.

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, ressaltou importância da parceria no desenvolvimento de projetos integrados nas mais diversas áreas, incluindo o turismo. “Nós, gestores, temos obrigação de criar oportunidades para a população”, ressaltou, convidando os presentes a trazerem suas famílias para conhecer o Jalapão.

Intenções

Em seu pronunciamento, o presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Jairo Mariano, reafirmou a relevância da aproximação institucional entre os dois estados. “Temos interesse em ampliar nosso aproveitamento turístico, estimular a criação da rota de integração entre Serra das Mesas e o Jalapão e estimular o desenvolvimento de outros importantes atrativos, localizados na divisa com o Maranhão, favorecendo uma exploração consciente e sustentável”, pontou, citando o Monumento das Árvores Fossilizadas, em Filadélfia, a praia de Babaçulândia e as cachoeiras de Wanderlândia, além de Fortaleza dos Nogueiras (MA).

Governador Flávio Dino foi presenteado com artesanato Karajá por Jairo Mariano; ao lado, o governador Mauro Carlesse e o vice-governador Wanderlei Barbosa - Flávio Cavalera - Governo do Tocantins

Mariano ainda elencou outras propostas da Adetuc, entregues oficialmente ao Governo do Maranhão na forma de Carta de Intenções, que propiciarão a elaboração em parceria de vários projetos, visando o fortalecimento do turismo, entre eles a futura abertura de concessão pública para exploração turística do Monumento das Árvores Fossilizadas, o fortalecimento do Turismo de Base Comunitária nas comunidades tradicionais, o cadastramento específico para agências/operadoras que comercializarem o roteiro, a promoção de marketing integrada.

O presidente da Adetuc também afirmou que as obras de infraestrutura realizadas pelos governos do Tocantins e Maranhão, incluindo obras de pavimentação no Jalapão e construção de ponte ligando os municípios de Filadélfia (TO) e Carolina (MA) fortalecerão o turismo regional.

Catulé Júnior, secretário de Turismo do Maranhão, enfatizou a importância do momento e da formatação de um roteiro integrado, citando a experiência exitosa da Rota das Emoções, que liga Jericoacoara (CE) aos Lençóis Maranhenses. “Temos um potencial grandioso, que levará desenvolvimento para essas regiões”, completou.

 

quarta-feira, 21 de julho de 2021

Governadores Mauro Carlesse e Flávio Dino firmam Termo de Acordo para viabilizar ponte entre Filadélfia-TO e Carolina-MA

Ato será a primeira ação oficial do Projeto de Integração Geopolítica Interestadual

Governador Carlesse é idealizador do Projeto de Integração Geopolítica Interestadual- (Crédito foto: Esequias Araújo/Governo do Tocantins)

Governador do Maranhão, Flávio Dino, vem ao Tocantins nesta quinta-feira, 22, para assinar a primeira ação prevista no Projeto de Integração Geopolítica Interestadual - (Crédito foto: Governo do Maranhão)

O desejo de ter uma ponte entre Filadélfia e Carolina, ligando os estados do Tocantins e do Maranhão, começa a se tornar realidade a partir desta quinta-feira, 22, com a assinatura de um acordo entre o governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, e do governador do Maranhão, Flávio Dino, que irá viabilizar a construção dessa obra estruturante na região. A assinatura será no Palácio Araguaia, às 13 horas, com a presença de secretários de ambos Estados. 

A assinatura do termo será a primeira ação oficial do Projeto de Integração Geopolítica Interestadual, idealizado pelo governador Mauro Carlesse, que visa em parceria com os estados limítrofes ao Tocantins, à efetivação de políticas públicas, em oito áreas: saúde, infraestrutura, agronegócio, economia, segurança pública, turismo, ciência e tecnologia da informação e fronteiras.

Entusiasmado com o andamento do projeto, o governador Mauro Carlesse destaca a importância da efetivação dessas ações para a população dos dois estados. “O Tocantins e o Maranhão possuem muitas características semelhantes e interesses em comum, e o que nós queremos com esse projeto de cooperação é encontrar soluções para melhorar a vida da população que mora nessa região. É uma obra estruturante muito importante porque vai melhorar o tráfego encurtando distâncias e o principal, melhorar as condições de escoamento das produções locais”, ressalta. 

Grupos de Trabalho

Antecedendo a assinatura do termo, os secretários de ambos estados formarão grupos de trabalho para alinhamento das ações estratégicas interestaduais que resultará em acordos bilaterais de cooperação.

Já na parte da tarde, a partir das 15 horas, no auditório do Palácio Araguaia, ocorre uma agenda empresarial, onde os governadores Mauro Carlesse e Flávio Dino se reunirão com representantes do Porto de Itaqui e de várias empresas do ramo de logística ferroviária e de fertilizantes, dentre outras. Também participam desse momento, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), Roberto Pires; secretários de Estado; deputados estaduais; e prefeitos, dentre eles, o de Talismã, Diogo Borges, que também é presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM).

Sobre o Projeto

Lançado no último mês de junho, o Projeto de Integração Geopolítica Interestadual visa à efetivação de políticas públicas entre o Tocantins e os estados do Maranhão, Piauí, Bahia, Pará, Mato Grosso e Goiás. Juntos, os estados concentram 1.530 municípios com uma população total de 45 milhões de habitantes, o que representa 21,74% da população nacional.

Fonte: Governo do Tocantins