Loja virtual Sebrae

quarta-feira, 14 de julho de 2021

Ministro do Turismo prestigia festa dos 160 anos de emancipação política de Porto Nacional

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, prestigiou a festa de comemoração dos 160 anos de emancipação política e 183 anos de fundação de Porto Nacional, nessa terça-feira, 13 de julho


Foto: Luiz Pires

Também prestigiaram o evento o governador Mauro Carlesse, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Antonio Andrade, deputado federal Vicentinho Júnior, deputados estaduais Valdemar Júnior e Ricardo Ayres e o ex-senador Vicentinho Alves, secretário de infraestrutura do Ministério do Turismo, Jairo Mariano, presidente da Adetuc, secretários de Estado e representantes locais.

Na abertura do evento o prefeito da cidade, Ronivon Maciel elencou algumas obras já construídas e entregues à população e outras, principalmente asfalto, a serem iniciadas ainda este ano, com recursos oriundos de emendas parlamentares. 

O ministro enalteceu o fato de o Brasil ter entrado na semana passada para o Conselho da Organização Mundial do Turismo (OMT), sendo aprovado por 14 dos 20 votos possíveis. Enalteceu Porto Nacional, afirmando que a cidade é referência na América Latina, como berço de cultura.

Gilson Machado Neto pernoita no Cantão e nesta quarta-feira, 14/07, faz o lançamento de uma campanha mundial do Ministério do Turismo, cujo foco é o turismo de natureza. O ministro afirmou que a campanha poderia ter sido lançada em outro destino turístico de natureza no Brasil, mas escolheu o Cantão, “porque a região merece ter a chance de ser mais um endereço de natureza do mundo. Vamos mostrar o Cantão para o mundo. Por isso estamos aqui”. afirmou.

Machado disse que o Brasil é o país mais preservado do mundo, sem comparação. “66% do território nacional está totalmente conservado. 86% do território da Amazônia Legal está preservado como a dois mil anos atrás”, afirmou.

Segundo o ministro, hoje não se consegue dissociar turismo de meio ambiente, de preservação ambiental, de sustentabilidade. “O turista hoje só volta a um local se tiver preservado. E é fácil de observar isso através dos comentários nas plataformas de turismo. Os estados, os municípios, o guia turístico, o cidadão, passa a ser um fiscal da natureza. Sem preservação ambiental hoje não tem turismo. E o Brasil é o país que tem maior potencial e temos certeza do crescimento”, disse o ministro.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário