Loja virtual Sebrae

terça-feira, 6 de julho de 2021

Aldeias indígenas da Ilha do Bananal passam por inventariação turística

Técnicos farão diagnóstico nas aldeias Watnã, Lancraré, Boto Velho, em Lagoa da Confusão, além doAssentamento Loroti, para viabilidade de desenvolvimento do etnoturismo. A inventariação turística também será feita no município de Peixe nessa etapa

Além da famosa pedra da confusão, Lagoa da Confusão possui inúmeros atrativos que serão inventariados. Foto: Manoel Junior - Governo do Tocantins

Técnicos da Superintendência do Turismo, da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) permanecerão na Região da Ilha do Bananal, até 14 de julho, para a inventariação dos municípios de Peixe e Lagoa da Confusão.

A pesca esportiva é uma das atrações do município de Peixe. Foto: Perlane Loiola - Governo do Tocantins

A ação visa o levantamento da oferta turística e outras informações, como infraestrutura e prestação de serviços básicos e turísticos, para fins de planejamento, gestão e promoção da atividade, possibilitando a definição de prioridades para os recursos disponíveis e o incentivo ao turismo sustentável.

Todas as informações coletadas no processo de inventariação serão inseridas na Plataforma Integrada do Turismo (PIT). A ferramenta preservará a atualização dos dados, além de manter a interatividade com turistas de diversas localidades.

A Adetuc promoverá uma série de ações paralelas ao levantamento de informações, incluindo palestras de sensibilização sobre o Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), do Ministério do Turismo, e a implantação do Selo Tocantins Seguro, nos dois municípios.

Também será formalizada a Instância de Governança da Região da Ilha do Bananal e a reestruturação do Conselho Municipal de Turismo de Lagoa da Confusão.

Outra ação de grande importância será a visita à Terra Indígena Javaé, na Ilha do Bananal, para o diagnóstico nas aldeias Watnã, Lancraré, Boto Velho e no Assentamento Loroti, para viabilidade de desenvolvimento do etnoturismo no município de Lagoa da Confusão.

O presidente da Adetuc, Jairo Mariano, ressalta a importância destas ações e o interesse dos gestores da Região da Ilha do Bananal em unir esforços pelo fomento das atividades turísticas. “A gestão Mauro Carlesse está empenhada em levar a inventariação a todos os municípios que fazem parte do Mapa do Turismo do Tocantins, bem como estimular o desenvolvimento de outras localidades”, conclui.

Fonte: Adetuc Tocantins

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário