Loja virtual Sebrae

quinta-feira, 24 de junho de 2021

Municípios da Região Turística Ilha do Bananal e Adetuc alinham ações integradas

Gestores, secretários e equipes de turismo e cultura dos municípios da região turística Ilha do Bananal, com o apoio da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) iniciaram um movimento para unificar os esforços em prol do fortalecimento das atividades turísticas na região.

Fotos: Flávio Cavalera / Governo do Tocantins 

Encontro reuniu representantes de setes cidades que compõem a região Ilha do Bananal.

Em reunião ocorrida nesta quarta-feira, 23, no Teatro de Bolso, localizado no Memorial Coluna Prestes, os representantes das cidades de Gurupi, Lagoa da Confusão, Peixe, Sandolândia, Santa Rita do Tocantins, São Salvador do Tocantins e Formoso do Araguaia, apresentaram as demandas da região ao presidente da Adetuc Jairo Mariano.  O encontro foi acompanhado pela deputada Claudia Lelis e pela equipe da Adetuc. 

Presidente da Adetuc Jairo Mariano ressalta que integração permitirá ações mais céleres e pontuais.

A movimentação dos municípios, que visa implementar uma política colaborativa para impulsionar a retomada segura dos destinos turísticos da região, tem como foco implementar atividades de ordenamento e a formatação dos atrativos e roteiros, além da execução de serviços ligados à promoção, à inovação e à sustentabilidade socioambiental.  

Entre as demandas solicitadas por meio de ofício ao presidente da Adetuc, estão a orientação e o cadastramento dos municípios junto ao Cadastur, inventariação turística, inclusão da cidade de Formoso do Araguaia no Mapa do Turismo, elaboração de projetos de financiamento para portais turísticos dos municípios, auxílio financeiro para a realização das primeiras edições do Festival Gastronômico do Cerrado, da Feira do Trade Turístico e do Bananal e do Campeonato de Pesca Esportiva da Ilha do Bananal. 

“Desde que assumi a Adetuc, tem sido o nosso foco ampliar a política de atenção ao turismo e a cultura. É uma determinação do Governador Mauro Carlesse fortalecer todas as regiões turísticas do Estado. Hoje, ouvindo os anseios dos gestores da Região da Ilha do Bananal, temos a certeza que esse movimento de unificação permitirá uma abrangência maior das nossas ações, que já estão sendo realizadas e que agora serão aprimoradas nesta região, pois há uma demanda muito grande para roteiros como o da Ilha do Bananal”, ressaltou Jairo Mariano ao mencionar ações já desenvolvidas pela Adetuc e o diálogo constante com os municípios. 

Com a proposta de criar uma Instância de Governança Regional, organização com participação do poder público e dos atores privados dos municípios, para envolver todo o trade turístico na tomada de decisão sobre as atividades de impulsionamento do turismo a serem implantadas na Ilha do Bananal, os gestores das cidades da região, que somam uma população de cerca de 140 mil tocantinenses, ressaltaram as suas expectativas para a o fortalecimento do turismo na Ilha do Bananal. 

"Queremos fazer com que as potencialidades da Ilha do Bananal sejam vistas. Com a institucionalização e organização do turismo e da cultura iremos traçar um planejamento a ser implementado e sabemos que podemos contar com a Adetuc com o apoio que for necessário”, pontou Josi Nunes, prefeita de Gurupi. 

"Nossa aposta é que o turismo passe a crescer de forma conjunta e integrada em toda a reunião, caminhando, principalmente, ao lado da preservação ambiental”, disse Radilson Pereira, prefeito de Sandolândia. 

"Formoso do Araguaia ainda não está inserido no mapa do turismo, mas temos trabalhado e contamos com o apoio da equipe da Adetuc para implantar o nosso município no mapa e garantir que as ações de turismo sejam ampliadas na nossa cidade e, consequentemente, na região”, afirmou Heno Rodrigues, prefeito de Formoso do Araguaia. 

"Temos um turismo sazonal e sabemos que há inúmeras possibilidades de transformar os nossos roteiros em algo que será visitado todos os anos, não apenas no mês de julho. Isto, de forma integrada e que gere emprego e renda nos municípios”, sugeriu Augusto Cesar Pereira, prefeito de Peixe.  

"Aqui no Tocantins, principalmente na região da Ilha do Bananal, nós temos uma riqueza que é o etnoturismo. Trabalhar essa atividade junto com as comunidades indígenas vai ajudar a fortalecê-las e manter suas tradições”, completou Thiago Soares Carlos, prefeito de Lagoa da Confusão.

Fonte: Adetuc Tocantins 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário