Loja virtual Sebrae

segunda-feira, 9 de março de 2020

Embratur articula divulgação em rede internacional dos EUA

Diretor-presidente Gilson Machado Neto compõe comitiva do governo de Jair Bolsonaro em missão no país norte-americano. Foco da Agência é o aumento do fluxo turístico para o país


Representante da CNN International recebe o presidente Gilson Machado Neto, e apresenta ação de mídia para a Embratur

Em missão nos Estados Unidos, junto à comitiva do presidente Jair Bolsonaro, o diretor-presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, se reuniu neste sábado (7) com Corinna Keller, vice-presidente de Vendas Publicitárias para as Américas da CNN International Commercial, que disponibilizou espaço em seus canais para a divulgação de ações promocionais de destinos turísticos brasileiros. 

Segundo Corinna, a CNN tem dois bilhões de pessoas atingidas todos os meses por meio de suas mídias. Ela sugeriu que a Embratur produza conteúdo de cinco estados do Brasil, de um a dois minutos, em inglês e espanhol, para serem divulgados em diversos mercados pelo mundo. De acordo com a vice-presidente da CNN International Commercial, uma proposta parecida já foi apresentada para a Costa Rica. O conteúdo será distribuído pela empresa na CNN Travel, veículo voltado para turismo. A proposta de campanha deverá atingir 45 milhões de pessoas em 2020, em mídia online e offline, de acordo com Corinna Keller.

“Devido à diminuição de viagens para a Ásia, com a questão do coronavírus, o Brasil tem uma grande oportunidade como sendo um destino alternativo para os turistas que ainda querem viajar”, afirmou ela.

Com foco no turismo intrarregional, o presidente da Embratur pediu para, “em primeiro lugar, focar na Argentina e nos Estados Unidos, nossos principais mercados emissores de turistas”. “Além disso, queremos atingir nossos vizinhos como Paraguai, Uruguai, Chile e Colômbia, bem como países europeus, em especial, Portugal. Temos um grande feriado pela frente, em abril, que é a Semana Santa. Devemos agir agora para atrair os turistas internacionais para o nosso país. O Brasil é muito grande, e existem muitas cidades que estão totalmente fora do alcance do vírus. Os norte-americanos, especialmente, precisam saber que o Brasil é um lugar seguro para visitarem”, destacou Machado Neto.

A representante da CNN estará em Brasília na próxima semana para apresentar a proposta de mídia para a Diretoria de Marketing, Inteligência e Imprensa da Embratur.

Reunião sobre o Florida Cup


Embratur e Florida Cup também alinham estratégia de divulgação do Brasil

Em Miami, o diretor-presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, se reuniu com o CEO do Florida Cup, Reinaldo Medrano, para oportunidade de divulgação do Brasil como destino turístico internacional na competição de futebol amistosa. O campeonato é realizado nos EUA há seis anos e é o maior evento de futebol internacional da Flórida.

Reinaldo Medrano destacou o sucesso do evento em 2020, realizada em janeiro deste ano. O perfil do evento atingiu cerca de 200 milhões de seguidores nesta edição. De acordo com ele, artistas e influenciadores digitais, que se apresentaram em dois dias de evento, com transmissão ao vivo, usaram suas redes sociais para promoção e, ainda, houve diversos compartilhamentos pelos clubes participantes.

O presidente Gilson se mostrou interessado e sugeriu que a Embratur patrocine, a cada ano, um destino turístico brasileiro no evento. “A escolha seria feita por meio de uma comissão julgadora, formada por representantes da Embratur, Ministério do Turismo, trade brasileiro, Conselho Nacional de Turismo, FORNATUR, dentre outros. Cada estado apresentaria à Agência uma proposta de divulgação do seu destino para que, em conjunto com a promoção do Brasil, que será feita pela Embratur, podemos também escolher um `destino destaque`, sugeriu. “Antes de começarem as disputas, com os jogadores já em campo, e antes do Hino Nacional do Brasil, apresentamos um vídeo do país com foco no destino escolhido para aquele ano. A mídia produzida será distribuída para todos os países que acompanham a competição”, almejou o presidente da Embratur.

A missão nos Estados Unidos continua até a próxima terça-feira, a qual o presidente da Embratur, junto ao presidente da República, Jair Bolsonaro, e equipe, percorrerá o país com foco na ampliação das relações comerciais dos dois países. A escolha pela Flórida não foi à toa. O comércio bilateral entre o estado e o Brasil, em 2019, chegou a US$ 8,5 bilhões (quase R$ 40 bilhões). (Fonte: Embratur)



Nenhum comentário:

Postar um comentário