Loja virtual Sebrae

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Prefeitos estabelecem condições para retomada do turismo no Jalapão

Em reunião virtual realizada com trade turístico na tarde desta segunda-feira, 10, os prefeitos de Ponte Alta do Tocantins, Mateiros e São Félix divulgaram as solicitações que enviarão ao Governo do Estado através de ofício assinado em conjunto, como condição para reabrir o turismo na região Encantos do Jalapão.

No ofício, os gestores definirão uma data limite para fazer a reabertura. Os representantes das associações profissionais que participaram da reunião online se comprometeram a apoiar a iniciativa e trabalhar para que a reabertura do turismo no Jalapão ocorra de forma segura e dentro dos protocolos de saúde pública que garantam segurança à população e aos turistas.

Participaram da reunião as seguintes entidades: ABAV-TO, ATTR, ABRASEL, ABIH, ATUREJA, CVBPALMAS e ACIRJA.

Leia a íntegra das solicitações dos municípios de Ponte Alta do Tocantins, Mateiros e São Félix ao Governo do Estado:

SOLICITAÇÃO DOS MUNICÍPIOS PARA RETOMADA DO TURISMO NO JALAPÃO

1.Entendemos que seja extremamente necessário que estado consiga reduzir ou estabilizar os casos de COVID-19 no Tocantins, que figura entre os 6 (seis) estados da Federação com o maior crescimento de casos confirmados e óbitos diários, colapsando o Sistema de Saúde, em especial a falta de leitos de UTI, para onde a população local na forma grave da doença necessita de atendimento;

2. Apoio aos municípios para implantar e fiscalizar os protocolos de prevenção: solicitamos servidores técnicos do estado e veículos 4x4: PM, BOMBEIROS, NATURATINS E VIGILÂNCIA SANITÁRIA.

3. Melhoria da estrutura hospitalar local, que não permite o socorro de forma imediata e eficaz, sem profissionais suficientes capacitados (médicos, técnicos e agentes) e equipamentos necessários, (testes rápidos, respiradores, laboratório e aeronave) para minimizar a necessidade de encaminhamento para as cidades de Palmas ou Porto Nacional.

4. Autorização para implantar sistema Web de ordenamento turístico nos atrativos privados e públicos, com App online e offline, que possibilitará o agendamento prévio, anexar o laudo/atestado médico da testagem na origem dos visitantes, monitoramento dos prestadores de serviço e obrigatoriedade das agências, guias e condutores autorizados pelo NATURATINS e ADETUC.

5. Considerando que os repasses dos governos federal e estadual são baseados na população residente e que o turismo movimentou mais de 50 mil visitantes no ano de 2019, dessa forma, inviabiliza que os municípios suportem essa demanda, solicitamos apoio do governo do estado de forma permanente, sem ônus para os municípios.

6. Considerando também a opinião popular e as recomendações do ministério público, que se mantenha suspenso a atividade turística até que o cenário seja favorável, os problemas causados pela pandemia nas localidades que relaxaram as medidas de contenção, entendemos ser fundamental e necessário o atendimento das ações propostas acima.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário